terça-feira , 24/01/2017
Breaking News
Home / CONHECIMENTO / O fator reagente e viciante do Facebook em nossas mentes
facebook_mentes

O fator reagente e viciante do Facebook em nossas mentes

A luta continua sem prévia para acabar. O rolo compressor do aumento constante do vício no Facebook faz com que os psicólogos se mantenham na incessante busca de respostas para as reações humanas perante as novas formas de relacionamento virtuais.

De acordo com o infográfico da Mashable, receber e responder uma notificação na rede social resulta em uma descarga de dopamina, um neurotransmissor associado com a motivação e a resposta a recompensas no cérebro humano que também é liberado em grandes quantidades quando consumimos drogas.

Na China, em Taiwan e na Coreia do Sul, o “transtorno de vício em internet” já é aceito como um diagnóstico psicológico e, no ano que vem, será incluído na 50ª edição do atlas que é considerado a bíblia da psicologia nos Estados Unidos.

Veja outros efeitos causados em nossa mente pelo Facebook:

About Cínthia Demaria

Webwriter e Social Media. É jornalista e trabalha como Analista de Mídias Sociais, redatora web e assessora de imprensa digital. Tem experiência em Governo 2.0, comunicação empresarial, mídia digital, eventos e redação de jornais de grande circulação. Twitter: @Cika_Demaria. Confira a apresentação completa dela.

Check Also

likes

“Troco likes e SDV” – A psicologia que Freud não explica

Atenta ao comportamento voyer do usuário ativo na Internet e nas emoções despertadas pelas celebridades …

scott

O mundo online de Alice #sqn

Quem nunca teve a sensação de que sua vida está ó… uma bosta quando abre …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: