domingo , 22/10/2017
Breaking News
Home / CONHECIMENTO / O trabalho de uma agência de propaganda e seus departamentos

O trabalho de uma agência de propaganda e seus departamentos

Em meu post anterior comentei que, geralmente, quando falamos sobre publicitário a imagem é a de um indivíduo com cabelos longos, roupas com cores berrantes, brincos, tatuagens, etc. Claro, não tenho nada contra isso (eu não ficaria legal de cabelos longos – rs), mas pode apostar que ser publicitário é muito mais do que esta falsa imagem.

Dizem que o publicitário deve ter algo de psicólogo, uma boa base técnica, conhecer os princípios de comunicação, gostar de pessoas e conhecer os limites traçados e dos diferentes meios de comunicação.  Além disso conhecer a fundo toda a estrutura e fatores do anúncio. E, resumidamente, diria que um bom publicitário é aquele que consegue criar uma peça/campanha e fazer com que ele venda e/ou atinja os objetivos de comunicação.  E olha que, atualmente, não importa nem bom gosto, vendendo está bom!

O serviço na agência de comunicação, principalmente com o núcleo criativo, inicia-se com uma reunião com o cliente (futuro ou atual). Ele quem irá passar os objetivos de marketing e/ou problemas para serem resolvidos. O Atendimento é o responsável por coletar essas informações, mas muitas agências já atuam com o Criativo também na coleta desse briefing (síntese dos dados colhidos), para evitar problemas de comunicação entre cliente x agência, já que nem toda agência possui um bom atendimento ou depto de atendimento.

Com o briefing em mãos as informações são passadas para o Tráfego (muitas agências não possuem este profissional) que é o responsável pela distribuição do trabalho e coordenação de seu andamento (e como isto é importante!).

A primeira fase segue com o depto de Planejamento e, como o nome diz, lá é analisado, sintetizado e interpretado todos os detalhes e ações referente ao job (serviço contratado).  Muitas vezes no Planejamento dados são corrigidos, informações complementares são coletadas para complementar o job e, principalmente, são formatadas as conclusões, esquemas de trabalho e o conceito de uma campanha. Diria que é uma das áreas mais importantes de uma agência, afinal anúncio sem conceito e objetivo é uma mera criação artística fadada a não vender e perder o cliente.

No Depto de Criação é traçada a estratégia de criação e, atualmente em algumas agência, esta estratégia também é acompanhada pelo Planejamento, Atendimento e, às vezes até Produção. Paralelamente o Depto de Mídia começa a trabalhar na estratégia de mídia. Tudo isto simultaneamente, afinal são trabalhos que se complementam.

Depois de escolhido o tema da campanha a Dupla de Criação (diretor de arte + redator) faz o famoso brainstorm (chuva de ideias). Claro que isto não é uma regra e atualmente esta “chuva de ideias” também pode ser feita com toda a agência e/ou diversos departamentos. E dentro deste brainstorm são escolhidos títulos de anúncios, conceito de campanha, mote, layout e muitas outras coisas.  Diria que, atualmente, por causa da falta de tempo, este brainstorm cada vez mais é direcionado. O que é uma pena, não dá para “viajar” tanto nas ideias, e talvez seja o motivo de vermos tantas peças parecidas.

Paralelamente no Depto de Mídia a equipe (de mídia) trabalha na seleção dos meios, escolha dos veículos de comunicação que serão utilizados, na programação, descritivo de mídia e elaboração do orçamento de veiculação.

Depois (ou também paralelamente) o Depto de Produção faz a seleção de tipos, diagramação para composição, analisa tomadas de preços e faz as previsões de custo de criação, finalização dos anúncios, gravação, impressão, etc.

Cada agência trabalha de uma forma, mas também existe um depto ou alguns profissionais que são responsáveis em trabalhar com sugestões de promoção de vendas, textos, etc. e apresentar ao cliente (ou responsável) para aprovar orçamentos e direcionamentos. Muitas vezes, é o Atendimento responsável por isto.

Aprovado orçamento e conceito/campanha, parte-se para a produção e finalização da mesma. A Dupla de Criação finaliza toda a campanha (antigamente existia o Arte Finalizador, mas encontramos este cargo apenas em grandes agências). O Produtor, juntamente com o Revisor, faz as correções das provas, etc. E num estúdio (na própria agência ou fora) são tiradas as fotos, é feita a produção de ambiente, modelos, iluminação, técnica, etc.

Ao mesmo tempo o Depto de Mídia negocia com os veículos de comunição escolhidos, faz a reserva de espaço e prepara as autorizações que deverão ser encaminhadas junto com o material pronto para veiculação. E tem mais: gravação de spots ou jingles (publicidade para rádio), finalização das peças gráficas, roteiros de televisão enviados à produtora que fará os filmes, etc.

E a campanha irá começar. Os peças de comunicação são enviados para os veículos de comunicação e enfrentarão o grande público, onde realmente a campanha é julgada. E é onde grande parte dos profissionais perdem o cabelo, são premiados ou demitidos. Quem dita tudo são os consumidores. Para isto o anúncio tem que vender!

Obs.: Com o tempo falarei mais de cada um dos departamentos de uma agência. Se quiser, confira um post antigo que a Silvia fez aqui no blog, com um esquema da Estrutura de uma Agência de Propaganda

About Fernando Bem

Graduado em PMKT, formação em Criação Publicitária, Comunicação Visual e Fotografia, atuando já há 20 anos nas áreas de marketing, publicidade e design gráfico. Mantém os blogs da sua agência BenComunicação e o SobreSites /Publicidade. Twitter: @FernandoBem. Confira a apresentação completa dele.

Check Also

Fotografia e agência

Fotografia e publicidade nunca estiveram tão juntas como hoje e um bom fotógrafo e/ou estúdio …

Como o Atendimento deve encarar o NÃO

Recebi uma mensagem bem interessante da Andreia Ideriha: “Sou de Atendimento e estou começando nesta …

One comment

  1. Ótima matéria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: