quarta-feira , 20/09/2017
Breaking News
Home / CONHECIMENTO / ECAD ameaça blogs

ECAD ameaça blogs

 

Pessoal, hoje eu terei que deixar de lado as homenagens ao Dia Internacional da Mulher e tratar de uma assunto grave e urgente. Peço que todas me perdoem e deixo meus parabéns pelo seu dia.

Tomei conhecimento ontem de uma notícia que me deixou boquiaberto, abismado, tal é a aberração que toma forma neste bagunçado país:

Órgão brasileiro quer cobrar taxa mensal de blogs que usam vídeos do YouTube

O primeiro blog notificado a pagar é o Caligraffiti e o caso é, provavelmente, o primeiro de muitos, porque o ECAD costuma agir de forma massificada, assim, é urgente que haja uma mobilização contra este absurdo.

Esse tipo de cobrança coloca em risco a blogosfera brasileira, assim como pode extinguir o marketing viral. Imaginem todos os blogs simplesmente removendo os vídeos embeded (em português incorporados)… Quanto se perderia em conteúdo? Quanto os próprios autores dos vídeos perdem?

Lembrem que o Google paga fielmente aos seus usuários que têm vídeos com muitos acessos, quem tem um bom canal no YouTube sabe disso, não é mesmo?

Para essas pessoas, o marketing viral e o compartilhamento (PRINCIPALMENTE por embeded) são ferramentas indispensáveis para garantir essa receita, então o abuso do ECAD pode comprometer o conteúdo em geral, não só seu compartilhamento.

Sem compartilhamento, menos receita; com menos receita, menos interesse; menos interesse, menos conteúdo.

Nem entre os músicos (compositores e intérpretes) o ECAD é visto com bons olhos… Em 2011 vários músicos denunciaram casos de irregularidades no ECAD e foi descoberto até um “compositor-laranja” que recebia por obras que não eram suas, lesando, por exemplo, Caetano Veloso!

Com o passar do ano e os panos quentes, o assunto “murchou”, mas agora ele atinge diretamente os usuários de internet, ou seja: VOCÊ. E agora? Você vai ficar só “assistindo” a discussão?

O blog Caligraffiti está pedindo ajuda para lutar contra esse absurdo e a coisa já está ganhando repercussão internacional, mas ainda é pouco…

Agora a decisão é sua:
– Vai ficar aí de bracinho cruzado ou vai compartilhar esse post?
Faça alguma coisa, use o Facebook, Twitter, e-mail, etc…

(“Tô” começando a acreditar que 2012 é o ano do apocalipse)

About Rudinei Modezejewski

Especializado em Propriedade Industrial, com ênfase em marcas e domínios, atuando nessa área desde 1997, trabalha desde 2009 com Marketing Jurídico, sendo que atualmente está se aprimorando em Social Media Marketing (Marketing em Redes Sociais) Twitter: @emarcas. Confira a apresentação completa dele.

Check Also

COPYRIGHT – Direitos Morais e Patrimoniais

Relacionado

Porquê NÃO PARTICIPAR do Prêmio Oxford de Design

Como assim “não participar” de um concurso promovido pela Oxford? Tá maluco? Pois é, foi …

3 comments

  1. Uma palhaçada. Simplesmente uma palhaçada!

  2. Provavelmente todo mundo já viu que o Google se pronunciou sobre o caso e disse, entre outras coisas, que o acordo que tem com o ECAD não permite que eles cobrem dos blogs ou dos usuários, porém, apesar de toda repercussão do caso, inclusive internacional, sendo classificado como "ESCÂNDALO" o ECAD anunciou ontem que está suspendendo TEMPORARIAMENTE a cobrança dos blogs.

    Pelo que eu conheço do ECAD, provavelmente estão juntando mais munição e procurando uma brecha jurídica para voltar a cobrar e, quando conseguirem encontrar essa brecha, voltarão ao ataque.

    Recomendo aos blogueiros que não parem de pressionar e fiquem em estado de alerta, ainda não acabou.

    • Felizmente o susto foi grande e o ECAD tomou um susto (repercussão nacional e internacional, falação na internet, revolta dos blogueiros)…
      Mas, de fato, é inadmissível um orgão pensar simplesmente em "aumentar seu caixa", sem se importar com os interesses que de fato representam, nem se importar em prejudicarem todo o trabalho de divulgação que é feito pelos blogs.
      Realmente, não podemos "baixar a guarda"
      Obrigada Rudinei!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: