terça-feira , 23/08/2016
Breaking News
Home / CONHECIMENTO / Dicas para criação e layout de peças de Mídia Exterior
Contraste entre texto e fundo
Contraste entre texto e fundo

Dicas para criação e layout de peças de Mídia Exterior

Hoje quero passar aos leitores do blog algumas dicas para a criação e layout de uma peça de mídia exterior que possa ter mais sucesso.

Não se trata de uma aula onde eu ensine o que fazer, onde eu passe noções de teorias do design ou conceitos gerais de criação. Para isso recomendo ir atrás de formação em Design, PP ou leitura específica (já fiz um post onde indiquei uma leitura “para se começar”). Trata-se de passar um pouco do que aprendi nos meus vários anos de agência e dando aula de Sinalização e Mídia Exterior para os cursos de Design.

Muitos podem ficar com “preguiça” só de ver o tamanho desse post, mas lembre-se que uma boa ideia, quando mal finalizada, é totalmente prejudicada, não gerando o retorno esperado.

Vamos às dicas gerais que tenho para passar:

–  Medida da arte e dpi’s 

  • A arte para outdoor (quadro de 9 x 3 m) é SEMPRE feita no tamanho (proporção) 48 x 16 cm;
  • As artes para as demais mídias exteriores pode se considerar (confirme sempre com o fornecedor que irá fazer a impressão):
    – se for pequena (até 1 m o lado maior) geralmente se faz no tamanho original;
    – maior que isso geralmente considera-se um redução na proporção, com 50 cm (do lado maior) – se quiser mais segurança, pode ser feita na proporção com 1 m;
  • É padrão fazer as artes em 300 dpi’s, o que garante a qualidade das imagens; e
  • As artes devem ser enviadas para impressão em CMYK. Dica: arquivos em CMYK geralmente ficam bem maiores, então para não ficar trabalhando com um arquivo grande, geralmente faço a arte em RGB e só converto para CMYK na hora de enviar o arquivo.

Tempo de Visibilidade
Como a visibilidade de peças de mídia exterior é muito curta, já que normalmente estas são vistas a partir de carros em movimento, temos que considerar que estas devem comunicar de maneira quase que instantânea:

  • A arte deve conter o mínimo de elementos, considerando o texto, imagens e logo. Nada de querer incluir muita coisa: o endereço, telefone, site, logo de várias empresas, muitas fotos (não se consegue ler tanta coisa). MENOS É MAIS – simplicidade deve ser a palavra chave nesse caso;
  • Opte por texto curto que garantem sua leitura;
  • Geralmente deve-se optar por uma foto (ou imagem) de grande impactante do que várias e menores; e
  • Melhor não utilizar criações no sense (que é para um público específico e não público de massa) ou demasiado criativas (onde se é necessário um tempo maior para se compreender). Sempre se pergunte: “o leitor entenderá?”
“Simplicidade” é a palavra chave

– Fontes para ME

  • Utilizar poucas fontes: o ideal é apenas uma fonte e a sua família para os destaques (Ex. Arial Normal, Bold, Itálico) ou, no máximo duas;
  • Não escreva tudo em caixa alta, já que esse recurso só dificulta a leitura; e
  • Não utilize: fontes muito light, condensadas, muito bold, kerning ou rebuscadas (sombras, enfeites ou fontes fantasia) = são difíceis de ler. O melhor é optar por uma fonte de corpo médio e básica.
Fontes regulares e sem “firulas”

– Cores e Fundos

  • Deve-se utilizar cores contrastantes entre texto e fundo; e
  • Evite efeitos ou texturas em fundos, pois estes distraem os olhos e evitam que a mensagem seja passada rapidamente. Fundos de cores lisas e vibrantes obtêm maior visibilidade.
Contraste entre texto e fundo

– Dicas Gerais

  • Não utilize fotos ou logotipos pequenos, já que não se consegue identificá-los à distância;
  • Não utilize o logo do cliente/produto muito grande, pois isso “não pega bem”. A menos que seja uma campanha para apresentar novo logo ou de fixação de marca;
  • Deixe uma margem de segurança (não é o mesmo que sangria), considerando que em outdoor esta pode ser utilizada para se acertar na diferença do tamanho dos quadros locados e nas demais peças de ME se garante boa leitura, dentro da arte;
  • Reafirmando o que já foi falado acima: não encoste NADA nas bordas da arte;
  • A marca da empresa ou produto geralmente é utilizada no canto inferior direito, pois essa é a parte mais marcante da mídia (alguns locais da ME são consideradas “zonas mortas”);
  • Erros de português são inadmissíveis em qualquer texto que se escreva e para qualquer mídia.
Nada encostado nas bordas

Na criação/layout para todos os tipos de peças de ME se pode utilizar Recursos Especiais, que chamam mais atenção de quem passa (criatividade ajuda, mas recursos impressionam). Evidente que para utilizar recursos é necessário que o cliente esteja disposto a investir um pouco mais (o que geralmente vale a pena).

Em princípio temos:

  • Aplique – trata-se de uma parte que “foge” da área retangular da peça locada. Os apliques podem ser simples (2D – planos) ou em 3D, criando assim peças que “saltam” da mídia;
  • Movimento – pode-se pensar em dar movimento a determinadas partes da peça, com o uso de motor;
  • Efeitos especiais – estes podem ser feitos com fumaça, água, som;
  • Quadros duplos, triplos, etc – possibilidade de locação do outdoor, sendo que estes podem ser locados da forma que estão (duplos, mas separados) ou com junção (ficam parecendo um só); e
  • Projetos especiais – dependendo da mídia locada se pode pedir uma alteração total na mídia, deixando-a de acordo como que você planejou: um painel “caído”, água dentro de um totem, um abrigo de ônibus totalmente ambientado, inclusão de pessoas (atores), criar-se um peça interativa, etc.
Painel com vários apliques 3D
Painel com efeito de soltar fumaça
Painel exibe moça dentro de bolso gigante
Outdoor “quebrado”

Todo projeto especial tem um custo diferenciado também junto à empresa veiculadora (que geralmente é responsável pela instalação), portanto consulte-a antes de simplesmente criar e mandar produzir.

About Silvia Zampar

Graduada em PMKT, pós em Ensino Superior, mestre em Comunicação Midiática, atua como publicitária há 17 anos em sua agência de propaganda em Jundiaí e leciona para cursos de Comunicação Digital / Publicidade. Mantém os blogs: este (o TuDiBão) e o Livro-Objeto. Twitter: @SilviaZampar. Confira a apresentação completa dela.

Check Also

motorista

Dia do Motorista

E hoje, Dia do Motorista, publicamos um anúncio simples e gracioso que encontramos, que utiliza …

an_record_breakingbad

Silvio Santos assiste Breaking Bad… e aumenta a audiência

É, tudo que ele toca vira outro, e o que sai de sua boca também …

48 comments

  1. Ótimas dicas, obrigado!

  2. Silvia….como funciona exatamente essa questão de proporção?

    Eu tenho uma fachada com 9,7M x 8,7M e nao sei como dimunuir esse tamanho proporcionalmente.

    obrigado!

    • O ideal é sempre você consultar quem irá lhe fazer a impressão da fachada, para ver o tamanho (proporção) que ele quer que a arte lhe seja enviada.
      Se ainda não tem e quer adiantar a arte, uma boa proporção é deixar com em torno 1m. no lado maior, ou seja, no seu caso, como se só trocarmos por centímetro (a proporção) você já estaria perto disso, daria pra fazer com: 97 x 87 cm. (faça a arte em 400 dpis, para garantir a qualidade).

  3. No photoshop dentro de image size vc pode mudar para porcentagem e escolher a proporção quiser de acordo com o tamanho original, eu costumo usar 30% para aquivos pesados, depois até joga ele no corel para finalizar mais leve ainda.
    Abs!

    • Sim, no Photoshop tem a opção de vc optar pela proporção em %, mas isso pode não dizer nada.
      Explico:
      – Outdoor é PADRÃO 48 x 16cm = não é pra usar nenhuma outra proporção;
      – Painel: se for um painel de 20 metros (de largura), 30% seria = 6 metros = arquivo de 6 metros é algo inviável de se trabalhar.
      E se pensar no processo de impressão (já trabalhei junto à empresa de impressão de grandes formatos), o ponto que eles usam não é necessário um arquivo tão grande. Já vi algumas empresas pedirem o arquivo com 50cm, 1m, mas nunca muito mais do que isso.
      Então o ideal é sempre conversar com quem irá fazer a impressão e ver como ELES querem o arquivo.

  4. Obrigado me ajudou muito! Gostei bastante que você chamou atenção para os pontos cegos, realmente muda muito a percepção de acordo com o posicionamento das "imagens". Obrigado

  5. Olá Silvia, foi ótimo o seu post. Gostaria de saber a proporção ou resolução ideal da imagem de uma pessoa para fazer um totem em tamanho real da mesma.

    • Tudo depende do sistema de impressão e resolução da máquina que dará saída no material (se impressão digital). Geralmente 300dpis no tamanho que será utilizado é o ideal (fica grande "pacas", mas como totem é visto de perto).
      Mas o ideal é confirmar com o fornecedor do material, pra depois não alegarem que o motivo de alguma falha foi por causa do seu arquivo.

  6. ola da pra mim faser um outdoor no photoshop tipo 48 x 16 em cm e dpos de tudo joga no corel pra impresao ? da certo fica normal

  7. Ola Silvia…
    Primeiro muito obrigado pelas dicas.
    Gostaria de saber como salvo o arquivo feito na proporção que você ensinou.
    Pelo que li no ultimo comentário devo exporta-lo como tiff.
    É isso?
    Tenho um trabalho para impressão digital de 3,00 m x 2,00 m e fiz a arte na proporçao que ficou com o tamanho finas de 30 cm x 20 cm. Como finalizo este para enviar para impressão?

    • Primeiro preciso saber: sua arte é de um banner ou de quê?
      Ele será visto a que distância (é um material pequeno, imagino que não será visto de muito longe)?
      Quanto mais de perto a gente olha a arte, maior deve ser o tamanho do arquivo, pois maior deverá ser a resolução para impressão.
      Um outdoor ou painéis grandes de ruas ou rodovias, p.exemplo, como são vistos bem de longe fazemos a arte com 48 x 16 cm (o outdoor), e o painel com 50cm. o lado maior.
      Agora se algo será visto de perto terá que ser maior, por exemplo eu já fiz um painel para a porta de um provador de uma loja e fiz com 1m. de altura (tudo com 300dpis).
      Preciso de mais informações do seu trabalho.

  8. Bom dia, gostaria de saber quais os formatos do arquivo. Se somente em formato de imagem (jpg, tiff) ou posso salvar em pdf mesmo?

    • Nossa, existem muitos formatos (extensões) de arquivos, se eu começasse a relacionar, certamente não conseguiria dizer todos.
      E muitos dos formatos de arquivos podem ser exportados em pdf, eu salvo em pdf arquivos do PowerPoint, Word, Excel, Corel, etc.

  9. Bom dia Sílvia. Antes parabenizar, ou melhor, nem somente parabenizar, mas agradecer por "fazer" isso conosco – nos mostrar coisas tão importantes.
    Descobri seu blog neste momento, e li esta matéria acima de mídia externa. Vou vasculhar todo este blog (risos)
    Então Sílvia, de início eu queria saber se no seu blog também trata da questão complicada que é do uso de imagens em peças gráficas – direitos autorais, etc. Isso é muito complicado e em blogs que vemos por aí ainda fica dúvidas, e a maioria não conseguem tratar do assunto como deveria.
    Obrigado…

  10. essa técnica da proporção pode ser utilizada também no desenvolvimento de arte no photoshop ?

  11. Boa tarde Sílvia. Antes queria dizer que sou seu fã, sempre leio seu blog e me ajuda demais. Já me salvou muito.
    Tenho uma dúvida:
    Você falou que a arte para outdoor (quadro de 9 x 3 m) é SEMPRE feita no tamanho (proporção) 48 x 16 cm;
    Como você faz a conta para chegar em 48×16?

    Preciso fazer um tapume de obra no tamanho de 3,40largura e 2,10 altura. Como transformar isso?

  12. Ola, para banner de lona aqueles de faxada de loja, devo usar qual proporção? sendo que o mesmo sera visto de 1 a 2 metros de distancia.

  13. Olá, gostei muito do post. Irei fazer uma arte para fachada em lona, gostaria de saber qual o tamanho do arquivo em que devo criar arte, sendo que o tamanho da impressão será de 3mx0,80cm.

    • O melhor é você confirmar com o fornecedor que você irá contratar para a impressão da lona. E depende da distância que ficará das pessoas: quanto mais visto de perto, mais qualidade e resolução deverá ter.

  14. Esse post me ajudou muito na confecção do meu primeiro outdoor. Agora preciso fazer um em LED, tamanho 4×2 metros. Que configuração usar?

  15. Outdoor e busdoor, stopbus, todas essas midias recebem sangria? tem algum medida de sangria padrão para eles? bjos e obg :)

    • Então, vamos por partes: "SANGRIA" é uma parte feita a mais na arte, uma área a mais, que sabemos que será cortada.
      Material impresso fazemos com sangria, pra garantir que no refilamento (corte da beirada) não fique branco.

      Em muitos materiais o que deixamos é uma margem de segurança: é uma área de arte que "pode" "ou não" ser cortada, dependendo de onde será aplicada.
      Isso é deixado em artes que serão aplicadas em mídias que têm diferentes tamanhos, como vidro traseiro de ônibus (o busdoor) ou quadro de outdoor (cada fornecedor tem quadros de tamanho diferente). Então você faz sua arte e garante que tudo que OBRIGATORIAMENTE TEM QUE SER LIDO/VISTO fique dentro, em volta pode ficar fotos e ilustrações que podem ou não serem cortadas (= a gente, no final do trabalho, coloca mais pra dentro da arte os textos, não deixa nada na beirada).
      E não tem medida padrão não, tem que ser bem prudente, pra não correr risco.

  16. CELIA REGINA CASTRO

    Que legal essa turma de designer e fotográfos. Sei que toda regra há exceção, mas sempre amigos e dispostos a ajudar.Parabéns por td.

  17. Silvia,

    Dentro de um circuito tenho 3 tamanho, porém sempre na mesma proporção (3×1) como 6,00 x 2,00 – 2,70 x 0,90 e 2,10 x 0,70, isso para a área de criação representa maior demanda de trabalho por ser formatos diferentes, ou por serem proporcionalmente iguais facilita o trabalho da criação e finalização do arquivo?

  18. Oi Silvia, muito legal seu post, parabens! Estou fazendo uns paineis para uma exposição, que serão vistos a aproximadamente 1 m de distancia…eles medem 1mx2m, e o cliente me passou fotos de +- 80cm de largura, que tem 72dpi! Vc acha que a impressão vai ficar ok, se eu usar essas imagens "estouradas" no painel todo? e quantos dpis precisa ter a arte para impressao? obrigada!

    • Acho que a impressão não ficará tão boa, não talvez não chegue a ficar estourada. O problema não é nem a medida da foto, mas ser 72dpis.
      Você pode pedir para o seu fornecedor fazer um teste de impressão, de uma parte (apesar que isso pode enganar).
      Aliás, sugiro que você perca em medida, mas ganhe em dpi,já convertendo a foto em pelo menos 150.
      E converse com o seu fornecedor do banner, para ouvir a opinião dele.

  19. Boa tarde Silvia,
    gostei muito do seu post e gostaria de deixar uma contribuição. Tem uma calculadora de proporção MUITO boa que utilizo é o: http://lvmenes.blogspot.com.br/2012/09/calculador… É só colocar o valor da largura em X1 e da altura em Y1, depois clica em Calcular. Ele dá a proporção. Espero ter ajudado.

  20. Olá Silvia, Este post me ajudou muito, mas ainda tenho uma dúvida. Preciso fazer a arte para fachada de uma academia, que terá 4m largura x 1,80 de altura. Se usar a arte em 300dpi na proporção 48x16cm dá certo??? Qual seria a medida da arte? Grata.

    • Nesse caso depende de alguns fatores: se vai ter fotografia, qual o grau de resolução que você quer essa foto.
      Eu não faria com tão pouco, optaria por uma arte com pelo menos 1m. de largura, talvez baixasse a resolução para 150dpis, mas o melhor é você já contatar o fornecedor que fará o painel, para ver com ele como ele quer o arquivo de forma que possa garantir o resultado final que você deseja.

  21. Oi, estou com uma dúvida. Preciso fazer uma lona de 5,97×1,95. Qual a proporção que uso?

  22. Oi, preciso fazer uma lona de 10,84m x 2,90m. A gráfica me pede em tamanho original, mas o Illustrator não aceita essa medida. Por favor, que devo fazer? Grato pelo blog e por toda ajuda que presta.

    • Olha, meu primeiro conselho é sempre seguir a orientação de quem fará a impressão. Como eles podem pedir algo que não é possível fazer?
      Minha segunda orientação seria sugerir que você troque de fornecedor, pois esse já começou mal… – hehehe
      Eu, se estivesse fazendo essa arte (imagino que ela seja para ser vista de longe, no mínimo de 10 metros de distância, pelas proporções), eu faria com 10% do tamanho, em 300 dpis.

  23. Uau, muito obrigada pelas dicas. Texto super didático e de fácil entendimento, me ajudou muito.

  24. Olá Silvia qual seria o tamanho e o Pixel(dpi) para uma lona de aniversário de 2 metros?
    feito no photoshop

  25. Olá Silvia tudo bem ? Li seu post de dicas para criacão e layout.
    Foi muito esclarecedor.
    Se possivel gostaria que me ajudasse a saber uma proporção.
    Preciso fazer uma arte para lona de uma fachada de 4m por 1m.
    Qual seria proporção ? usaria 300dpis ? ou 400?

  26. Obrigado pelas dicas! Ajudou muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *