sexta-feira , 30/09/2016
Breaking News
Home / CONHECIMENTO / Com o iPod não pode…suar!
Imagem3

Com o iPod não pode…suar!

O post de hoje será sobre uma experiência pessoal que tive na semana passada e que exemplifica como uma publicidade mal feita pode afetar as pessoas.

Todos sabem que o Ipod é um dos produtos mais “sonhados” por parte dos corredores, principalmente o novo IPOD NANO TOUCH (6ª geração). O motivo deste sucesso se dá pelo fato de que houve uma união entre o que há de melhor da mobilidade e tamanho do iPod Shuffle, com a tecnologia da tela touch e da conexão dock stage. Com o novo Nano consegue-se correr ou caminhar com ele preso à sua camiseta ou top, por meio do clipe, sem que seja incômodo ou que sinta o mesmo pesado, ao mesmo tempo em que se pode visualizar os comandos e músicas escutados.

Tal forma de uso é até incentivada pelo material publicitário exposto no site da Apple Store, onde diversas imagens demonstram o uso do novo Nano fixo em camisetas e tops, inclusive quando a pessoa está se exercitando em corridas ou esteira. A Apple até induz o usuário a usá-lo desta forma ao afirmar Prenda-o na manga, na jaqueta ou no shorts”.

Ocorre que, após eu ter seguido estas sugestões e ter fixado o iPod Nano exatamente como nas fotos, não precisei de muitas corridas para que percebesse que a indicação realizada pela Apple é enganosa e mentirosa, pois o meu iPod Nano simplesmente parou de funcionar no meio da corrida. Achei que era algum problema de término da carga da bateria, apesar de tê-lo carregado naquele dia. Retornei à minha casa e o coloquei para carregar, momento em que percebi que a tela touch não acendia mais.

Levei-o à assistência técnica de Campinas (My Store), localizada no Shopping Iguatemi, o rapaz me perguntou como tinha parado de funcionar a tela e eu expliquei que foi durante um treino de corrida. Ai veio a informação mais ridícula que alguém que adquiriu o iPod para correr poderia ouvir: me avisou que o iPod tinha tido contato com suor e que, por isso, não estava coberto pela garantia.

Fiquei muito admirado, até porque usei o aparelho da forma como vi na própria publicidade do fabricante na Internet mas, mesmo assim, indaguei quanto ficava para arrumá-lo já que a garantia (que só termina em setembro de 2011) não iria cobria tal reparo. Sabem o que ouvi? Que o iPod Nano Touch não tem reparo, porque é selado e não tem como repará-lo. Caso tenha algum problema e o equipamento esteja dentro da garantia a Apple dá um novo. Ora, se o aparelho não tem reparo significa que, após término da garantia, caso tenha alguma avaria não há como repará-lo! Isto é surreal!

A publicidade do Ipod Nano incentiva o usuário a utilizá-lo em corridas e academias, atividades que por definição suam muito. Indica, inclusive, visualmente a forma como devemos utilizá-lo. Apesar disto o Ipod não pode entrar em contato com o suor, sob pena de parar de funcionar e, se isso ocorrer, a garantia de fábrica não cobre referido prejuízo e também não há como repará-lo fora da garantia com os custos arcados pelo proprietário, ou seja, caso isto ocorra, perde-se o iPod!

Isto é um completo absurdo, até porque o aparelho é usado, em sua grande maioria, por atletas (corredores principalmente). A Apple está cometendo diversas arbitrariedades ao não colocar em sua publicidade que com o iPod não se pode suar, já que a maioria dos seus compradores são atletas que querem ouvir um sonzinho ao malhar.

A Apple, tendo conhecimento destes fatos e realizando a publicidade da forma como realiza, está afrontando o Código de Defesa do Consumidor, pois trata-se de publicidade enganosa, por ação e por omissão. Por ação, porque sugere em suas fotografias um uso do equipamento que pode danificá-lo. Por omissão, porque omite em sua publicidade qualquer referência de que o equipamento não pode ser usado próximo ao corpo  em atividades esportivas pela proximidade do suor. Não vamos nem cogitar que a Apple desconheça que em provas de média e longa duração (10, 21 e 42  km) o atleta fique com a camiseta encharcada de suor, ainda mais quando se realiza a mesma em temperaturas altas e com sol a pino.

Ademais, não podemos esquecer que outra irregularidade esta presente nesta história com o fato de que o equipamento não pode ser consertado ou reparado. Neste caso a Apple deveria noticiar tal fato em sua publicidade ou embalagem de forma ampla e explícita, pois ninguém que se dispõe a pagar R$ 650,00 (IPOD NANO 16gb) gostaria de descobrir que o seu Ipod não pode ser consertado.

A publicidade enganosa por omissão é clara no caso. O artigo 32 do Código de Defesa do Consumidor ainda impõe que “os fabricantes e importadores deverão assegurar a oferta de componentes e peças de reposição enquanto não cessar a fabricação ou importação do produto”, ou seja, a Apple deve consertar o iPod que vende.

O mais curioso, demonstrando a má-fé da empresa, é que, em uma simples pesquisa que realizei na Internet, percebi que o que ocorreu comigo é muito frequente e atinge diversos usuários. Recentemente a própria Apple teve que modificar o iPod Shuffle por reclamações dos usuários de que os comandos do mesmo paravam de funcionar e o próprio iPod parava quando em contato com o suor das corridas. Tanto é verdade, que quando estava na assistência técnica da Apple do Shopping Iguatemi de Campinas uma jovem chegou com o mesmo problema no iPod dela e recebeu indignada a mesma resposta que eu recebi: a garantia não cobre e não há conserto!

Já falamos aqui em outro post, que a publicidade de carros teve que ser alterada e obedecer a critérios visuais de modo que os consumidores não fossem enganados com a imagem de um modelo completo anunciado com preço de modelo básico por meio da célebre frase “a partir de…”. Com o mesmo entendimento, a Apple não pode incentivar em sua publicidade o uso do seu produto de uma forma que sabe que pode danificá-lo e que sabe que a sua garantia não o cobre. Isto é má fé!

Para quem quiser acompanhar este caso, o meu processo judicial corre pela Vara dos Juizados Especiais de Campinas, sob o nº. 114.01.2010.069476-2. Esta semana abrirei uma denúncia no Ministério Público do Estado de São Paulo visando impedir futuros prejuízos a outros usuários de iPod em corrida. Quem sabe assim não conseguimos alterar esta forma maliciosa da Apple agir!

Incluído em 16/03/2012: a audiência de conciliação foi em fevereiro passado, quando a advogada da Apple e a representante da empresa se limitaram a falar que a orientação da Apple é não trocar o aparelho porque o sensor de umidade só acende com água e não acende com suor (hunf!, sei…). Em agosto haverá uma audiência de instrução, já que a conciliação não ocorreu (lógico!).

Incluído em 17/09/2012: saiu a sentença da Justiça, favorável ao processo. Confira a sentença na íntegra em um outro post, clicando aqui.

About Aldo Batista

Advogado atuante em Campinas, com pós em Direito Empresarial e Processual, MBA em Mkt e Finanças, mestre em Comunicação Social e Doutorando em Direito. Trabalha há mais de 10 anos como professor universitário em diversas instituições, tanto para turmas de graduação como pós. Especialista em Legislação Publicitária, é autor do livro "Publicidade Comparativa". Twitter: @AldoBatista. Confira a apresentação completa dele.

Check Also

Imagem2

A Justiça determina: iPod quebrado por suor deve ser trocado

Já há algum tempo (em 10/12/2010) escrevi um post aqui no TuDiBão relatando que meu …

Medicina virtual e os sites de clubes de compra coletiva!

É incontestável que os clubes de compras coletivas cresceram de tal modo que viraram febre …

318 comments

  1. O que eu posso dizer é que ficarei aguardando ansiosa pelo desenrolar do processo que você move, pois felizmente isso aconteceu com você, um advogado, que já sabe os caminhos jurídicos a tomar, que tem todo o conhecimento a respeito das legislações publicitárias.
    Quando isso acontece com os cidadãos normais, ficamos perdidos e, simplesmente, perdemos o equipamento e jogamos nosso dinheiro fora.
    ABSURDO Sra. D. Apple…

    • Pode deixar que farei questão de postar aqui no blog o resultado para que todos fiquem sabendo.

      • Estou com o mesmo problema.. a garantia do meu ipod expirou há 1 mês e, esses dias, tanto o botão liga/desliga como o botão de aumentar o volume emperraram.

        não pude destrocar porque a garantia acabou e a única proposta que recebi, era pagar R$ 280,00 pela reposição de um aparelho novo (sem os fones a embalagem e nenhum acessório) com apenas 3 meses de garantia..

        não aceitei, mesmo que um novo na loja custe R$500,00 não vou pagar 280 por uma reposição que só tem 3 meses de garantia… depois de 3 meses estraga e eu faço o que? pago mais 280 pra destrocar de novo?

        é um absurdo o que essa empresa está fazendo, meu Ipod não chegou nem perto de água , deve ter estragado com o suor da minha mão, sei lá…

        sei que eles perderam um cliente, nunca mais compro seus produtos.

        • Mas o seu estragou após a garantia. É diferente do relatado aqui nesse post.
          Realmente uma pena o que está acontecendo com os aparelhos eletrônicos, em geral, que têm uma vida útil tão curta que mal passa a garantia. Exatamente porque tudo está ficando muito descartável…
          É o mundo capitalista e consumista que vivemos.

        • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

        • Rodrigo, aconteceu a mesma coisa com o meu…
          Dá uma olhada pelo Google, isso acontece desde meses após o lançamento desse Nano (ou seja, desde 2010!!!!!)…não se culpe! rs

          O que me deixa mais "P" da vida é que eles têm consciência que é um defeito de projeto deles e eles sequer fazem um recall…

          Também me arrisco a dizer que Apple nunca mais!

          Pra sua sorte (ou não), ainda te fizeram essa proposta ridícula…pra mim, fui orientada a procurar assistências não-autorizadas…

    • Silvia …saiu a sentença.
      Processo Nº 114.01.2010.069476-2

      Texto integral da Sentença

      VISTOS. Dispensado o relatório, nos termos do art. 38 da Lei 9.099/95, passo a decidir. No mérito, o pedido é procedente. O autor comprou um Ipod Nano na empresa ré e o utilizava em treinos de corrida. Acontece que dois meses depois de adquirí-lo, parou de funcionar. Ao procurar a autorizada da empresa ré foi informado que a “placa interna” do equipamento tinha queimado por contato do aparelho com o suor do corpo e por essa razão não poderia ser efetuada a troca do objeto, devido ao mau uso do autor. Entretanto, conforme figuras de fls. 05 à 07 a empresa ré, a propaganda do aparelho incentiva o uso do mesmo em atividades físicas. Todas as figuras retratam esportistas se exercitando com o aparelho fixados em seus corpos. Evidentemente, a ré vende a imagem de um produto que admite extensivo contato com o suor e, portanto, com a umidade. Destarte, se o aparelho parou de funcionar por excesso de umidade, sendo que o autor o utilizou exatamente como a ré incentiva, o equipamento é defeituoso e não atinge a finalidade a que se destina. In casu, verifica-se autêntica relação de consumo, cuja colocação de bens e serviços no mercado a cargo dos fornecedores suscita, em contrapartida, a responsabilidade, decorrente do inadimplemento da obrigação contratual ou da violação de direitos tutelados pela ordem jurídica de consumo. No presente caso, inquestionável a responsabilidade pelo fato do produto, capitulado no art. 12 da legislação consumeirista, que decorre da exteriorização de um “vício de qualidade”, ou seja, de um defeito capaz de frustrar a legítima expectativa do consumidor quanto à sua utilização ou fruição. Nesta concepção, no presente caso, comprovado que o defeito apresentado no objeto adquirido pelo autor causou sua desconformidade, comprometendo sua prestabilidade ou servibilidade. Nesta hipótese, conclui-se pela existência de um vício ou defeito de concepção. Nas sábias palavras de Zelmo Denari: “A doutrina costuma surpreender três modalidades de defeitos nos produtos: defeito de concepção, também designado de criação, envolvendo os vícios de projeto, formulação, inclusive ‘design’ dos produtos; defeitos de produção, também denominados de fabricação, envolvendo os vícios de fabricação, construção, montagem, manipulação e acondicionamento dos produtos; defeito de informação ou de comercialização, que envolve a apresentação, informação insuficiente ou inadequada, inclusive a publicidade. Os defeitos de concepção tanto podem resultar de erro no projeto tecnológico do produto quanto da escolha de material inadequado ou de componente orgânico ou inorgânico nocivo à saúde. Evidenciado o defeito, provoca uma reação em cadeia, alcançando todos os produtos da mesma série.” (Código Brasileiro de Defesa do Consumidor, Ed. Forense Universitária, 6ª, ed., p. 160 /161). Neste raciocínio, por ser tratarem de vícios de concepção ocultos e pré-existentes à aquisição do produto pelo requerente, faz jus à troca do aparelho e sua pretensão encontra guarida no contido no parágrafo primeiro do artigo 18 do CDC, que estabelece: "Não sendo o vício sanado no prazo máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha: "I – a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso; II – a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos; III – o abatimento proporcional do preço." Assim, cabe convir que o Código de Defesa do Consumidor coloca à disposição do consumidor três alternativas, sem hierarquizá-las, como forma de evitar qualquer prejuízo que possa ter tido com a aquisição de um produto viciado, podendo utilizar qualquer delas, bastando para isso que o vício não tenha sido sanado no prazo legal. Ante o exposto, JULGO PROCEDENTE o pedido inicial ordenando a empresa requerida que efetue a troca do equipamento quebrado “Ipod Nano 16 G Grafito” do autor por um novo e idêntico, em 10 dias (dez dias), sob pena de não o fazendo, a partir do 11º dia (décimo primeiro dias), ser-lhe cominada multa diária que arbitro em R$ 200,00 (duzentos reais), pelo prazo de 30 dias, sendo que após 60 dias (sessenta dias) sem cumprimento da obrigação, a condenação poderá ser transformada em perdas e danos a requerimento do credor , conforme previsto no art. 52, inc. V da Lei nº 9.099/95. Nos termos do art. 55 da Lei nº. 9.099/95, não há condenação em sucumbência. Após o trânsito em julgado, manifeste-se o credor em 05 (cinco) dias em termos de prosseguimento do feito, requerendo o que de direito, sob pena de destruição dos autos. Deixo de condenar as vencidas nas verbas de suculência em razão do disposto no art. 55 da Lei 9099/95. P.R.I.C. Campinas, 09 de agosto de 2012 ERIKA FERNANDES FORTES Juíza de Direito

      • Inclui uma nova postagem em seu nome com a informação (achei melhor pra essa aqui não ficar enorme), e inclui nessa um link para a resolução – bem como vou responder todos os que deixaram comentários para verem o post com a resolução. Parabéns e obrigada por dividir conosco esse processo que, certamente, interessa a muita gente. Vou divulgar muito isso!

  2. Então Aldo, mas o mesmo ocorre com diversos produtos da Apple, como o tal e badalado iPhone, que depois de 2 anos perde a funcionalidade e lá vão todos a comprar um novo, pois quando a bateria acaba vc tem que jogar fora e comprar um novo. 99% dos produtos da Apple têm vida útil curta e são feitos para serem trocados, inclusive as baterias dos modelos antigos e novos que duram de 3 a 4 anos depois é lixo, não existindo reparo para nada. Por isso ela até consegue divulgar: 10milhões de iPods vendidos, afinal quebrou, parou de funcionar por bateria que não carrega mais e outras coisas, as pessoas têm que comprar um novo. Ou seja é enganoso total.

    • Pois é, este exemplo nos mostra que tem grandes empresas que estão conseguindo driblar muito bem as legislações.

      • Ele tentam driblar, mas se fizermos com que obedeçam não têm como fugir. Com a denúncia no Ministério Público todos que forem do Estado de São Paulo terão direito a se beneficiarem com o TAC – Termo de Ajustamento de Conduta ou com o resultado de uma possível ação judicial.

        • Isso é a mudança que está tendo na lei, não é? Que as decisões tomadas para um caso, valerão para todos, não é isso?

          • Não. O que eu digo quando falo do Ministério Público é que se eu entrar com uma ação só obtenho a sentença favorável para mim, não extensiva aos outros. Por que eu não posso pedir algo para terceiros. Cada um tem que pedir para si mesmo.
            Contudo, o Ministério Público pode pedir para todos se verificar que é algo que atinge diversas pessoas e de interesse geral. Se for o MP estadual pede para os moradores daquele Estado, se for federal para os do país. Entendeu?

          • To aprendendo, to aprendendo – rs

          • Recentenement e (há alguns anos), uma aluna de direito entrou com uma denúncia e abertura de inquérito civil no MP da Bahia (Salvador) contra os cinemas Cinemark. Eles obrigavam você a comprar o refri e a comida lá. Isto é venda casada e não pode. O MP entrou com um TAC – Termo de Ajustamento e o Cinemark no Brasil inteiro, inclusive Campinas, liberou a entrada de comida e bebida de fora. Este é o resultado que quero obter para que a Apple tome jeito. Ganhar só o meu caso não irá mudar a atitude deles.

    • Isto eu não sabia Ricardo. Caso soubesse, jamais teria adquirido um. Imagina você saber que se o produto cair, trincar a tela, emperrar um botão, qualquer outro problema você não tem como consertá-lo?
      É ridículo! O Código de Defesa do Consumidor afirma, em seu art. 32, que os fabricante tem que manter peças de reposição para os seus produtos. Este artigo existe para evitar que caso o produto quebre você tenha que adquirir outro sem ter a chance de consertá-lo quando ele ainda esteja no período de vida útil dele.

    • A Apple não teve problemas ainda porque ninguém abriu um processo no Ministério Público e creio que ela faça acordos com quem entre com a ação judicial. Aqui em Campinas tem dois processos que estavam abertos e foram para o arquivo: um por causa de acordo e o outro porque a Apple pagou. Daqui uns dois meses quem consultar os processos verá que só existe o meu e, com isso, achará que a Apple não tem processos porque o produto é bom e tal, mas não é verdade. Não tem processo porque eles encerram rapidamente com os que são abertos.
      Deveriam se preocupar mais em alertar os compradores sobre estes detalhes do que escondê-los. Achei uma tremenda falta de ética incentivar o uso na camiseta e o iPod não poder ficar perto de suor que não tem garantia. Quem corre e não sua?

  3. Oi Aldo e Silvia,
    Sou aqui de Campinas e sempre vou ao shopping Iguatemi e vejo o comportamento do consumidor quando "vislumbra" a loja da Apple. Parece um oásis no meio de lojas "comuns". Fiquei surpresa ao saber desse detalhe, mas lembro que uma amiga teve o mesmo problema com o iPhone. Trincou a tela e não tinha conserto. Pior: a operadora forçava a compra de um novo..dando descontos. Assim qquer um bate recorde de venda. Incrível é você comprar novamente um produto que sabe que tem vida útil curtíssima. Parabéns pela iniciativa e espero que mais pessoas se conscientizem disso. A Apple pode continuar sendo uma excelente empresa, mas respeito com o consumidor é tão importante quanto inovação e deisgn.

  4. Excelente postagem Aldo.
    Quero acompanhar também o desenrolar deste processo.
    Este é o grande problema da Apple, ela não se adequá ao consumidor, é o consumidor que tem que se adequar a ela.

  5. ALDO prabens a voce, vejo uma devocao a empresa de JOBS e nao vejo motivo, Iphone eh bom de hardware mas eu vou de android mesmo. IPOD? que nada eu gosto eh de liberdade existem tocadores muito mais "livres".
    O que existe eh a falta de conhecimento agregado a o STATUS que tal produto representa.
    Eh quase a mesma coisa com roupas de marca. Voce paga um valor alto para ter um "nome" na sua roupa.
    Vou divulgar este topico em todo forum de tecnologia que eu frequento para ver se as pessoas parem de ser tao cegas

  6. Acho que o problema é na assistência. Um colega, em Brasília, teve problema igual, com um modelo ANTERIOR. Na verdade, ele queimou 3 aparelhos. A cada vez, levava na autorizada e ganhava um NOVO.

    Ele decidiu mudar a posição de colocar o iPod, para não ter o trabalho. Mas a loja trocou todas as vezes, sem custo.

  7. Eu sempre tento evitar este tipo de problema com um comportamento de "ignorância". Sempre que sou indagado sobre como o aparelho parou de funcionar eu digo a mesma coisa: "Não sei. Quando eu fui pegar já tava assim!".
    Com este comportamento estou passando toda a responsabilidade de análise para o atendente. Assim já efetuei troca de fonte de computador que foi ligado na voltagem errada, monitor que foi queimado por raio e placa mãe de notebook também atingido por raio.
    Se você passar pela situação que o Aldo passou vá até a loja e simplesmente diga que parou de funcionar, não diga como isso ocorreu. A garantia com certeza irá trocar. Nunca vi isso dar errado. Mas o segredo é sempre comprar equipamentos de marcas confiáveis. Essa tática nunca foi testada com equipamentos Xing-Ling.

    • Maicon essa tática realmente é a melhor. Certa vez, estava com um notebook na mochila e peguei aquelas chuvas de alargar o rio, e logicamente, meu note se foi. Ainda tentei secar ele (igual se faz com celular dps que vc eh empurrado na piscina), mas nao adiantou. Simplesmente levei na assistencia e falei que apertei o power e nao ligou, e eles trocaram todo o equipamento. Outro caso, bem semelhante, foi de um monitor dell que tive, limpando sem querer ( leia-se burrice) entornei uma frasco de Vidrex, causando um curto instataneo, fiz o procedimento novamente e thcan, trocaram também.

      • Bem, fica registrado seu comentário (o TuDiBão é um espaço livre para os leitores participarem), mas deixo claro que não concordo com isso. Acho que assim como exigimos nosso direito, temos, também, que assumir nossos erros quando os cometemos, arcando, inclusive, com possíveis prejuízos.
        Isso é ético e é como ensino minhas filhas, já que não acredito em se levar vantagem (quando não se tem o direito).

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  8. Não tenho nada contra ou a favor da Apple, porque nunca comprei nenhum de seus produtos. Mas algo que observo é que esta é uma empresa que não se dobra frente as leis locais dos países para qual ela exporta seus produtos. Isso de não haver assistência técnica, aposto que se deve à cultura norte-americana de preferir comprar um novo do que consertar. Eles sempre foram assim e nunca reclamaram. Pode até ser que a Apple não tenha feito isso de má fé (leia-se, PODE ser, não estou defendendo a empresa), mas deveria ao menos dobrar-se às leis dos países onde vende seus produtos, até por questão de respeito. Falta e muito na Apple esse respeito e tratamento regional. Eles fazem as coisas de acordo com a legislação de sei lá eu onde (EUA, talvez?) e fazem questão de não mudar NADA, independentemente do fato de que isso vai desrespeitar legislações locais ou não. Já vi muitos casos assim em relação a essa empresa, por exemplo, os "ratings" dos jogos vendidos para iPhones e similares. O conteúdo de um jogo que nos EUA era classificado como para acima de 12 anos e aqui seria acima de 14 e a Apple se negava de todas as formas possíveis a mudar a faixa indicativa do jogo. Simplesmente ridículo isso. Eu consigo entender os motivos daonde surgiram essas confusões, mas não consigo entender a posição da empresa frente a elas…

  9. Eu tinha um MP3 player daqueles bem vagabundos, de marca genérica. Usava pra caminhar, portanto ele tinha contato com suor (muito, aliás) e até chuva. Mas nunca deu problema. Nenhum defeito mesmo. Ainda assim, tinha garantia, conserto e rede de autorizadas.
    É de espantar que um produto de uma marca famosa, e bem caro, seja tão mais frágil!

  10. Que a absurdo isso cara… Pratico esportes e sempre pensei em comprar um iPod por ser mais leve, menor e todas as outras qualidades pra praticar minhas pedaladas e corridas, e fiquei indignado com o que li, pois também me senti enganado, já que vi esses anúncios que a Apple faz, dá a impressão de que o produto aguenta e é feito pensado nisso. Lamentável.

  11. Tirando o problema da propaganda enganosa, reclamar que depois de 2 ou 3 anos o aparelho perde a funcionalidade é não conhecer a sociedade em que vivemos! Todos os produtos são feitos para o consumo imediato. Nos tempos de nossos avós os eletrodomésticos duravam a vida toda e hoje, depois de no máximo uns 5 anos já temos que substituí-los. Celulares, computadores, TVs e outros bens similares são os campeões de rotatividade. A cada semana sai uma inovação, tornando o antigo obsoleto.
    Outro ponto a ser considerado é a globalização. No Brasil, pelo altos impostos, temos a "cultura do conserto", na Europa ou EUA, se o aparelho quebra, eles jogam no lixo mesmo e compram um novo. As vezes nem quebrado está, mas por ter uma tecnologia mais avançada, o antigo dvd ou notebook é descartado. Infelizmente esses produtos importados são feitos para uma realidade que não é a nossa. É óbvio que certas lei devem ser obedecidas, o consumidor deve ser avisado de todos os "porém" do produto que está adquirindo, mas querer que uma empresa estrangeira e do porte da Apple se adapte a um mercado que começou a ser promissor a menos de 1 década é querer fugir da realidade!

  12. Eu tive problemas com o shuffle que tinha os controles no fone de ouvido, troquei os fones 5 vezes na garantia. E era só suor da corrida. Em uma das reclamações que fiz para o 0800 deles a moça até ofereceu para trocar o aparelho por um novo, mas o defeito era no fone. Tanto não deu certo que a Apple abandonou esse modeo e voltou para o modelo do shuffle anterior (o quadrado com controle no aparelho). Eu comprei o esse nano e até agora não tive problemas (e já corri 2 provas de 10km no sol quente do Ceará), mas é bom saber que pode acontecer.
    Isso de não ter conserto é o que eu acho pior.

  13. Não dá pra generalizar todo produto da Apple. Tive 1 computador e 2 notebooks durante 10 anos e não precisei levar nenhum à assistência técnica. E é muito mais difícil de pegar vírus, além de ser mais funcional. A superioridade é ridícula em relação ao Windows, eu me sinto na década passada mexendo em um. A vida útil do Vaio é de nem 2 anos, e eu só troquei meu note depois de 5 anos de uso, porque saiu um mais atual. Então sim, eu vislumbro a loja da Apple e sou louca por lá.
    Agora os iPods não são muito confiáveis mesmo. Eu tinha um Nano (daquele médio e fino antigo) e quando deu problema trocaram, mas foi só minha irmã pequena apertar o Enter do iPhone que atualizou e perdeu o destravamento. E na época não havia como destravar novamente aqui no Brasil, tive que esperar mais de 6 meses. Não achei justo você poder desativar a função telefônica do aparelho com um clique só e não poder reverter. Paguei por um iPhone e tive que usar um iTouch.
    Então não dá pra julgar de uma maneira generalizada. Mas espero que você consiga ser indenizado pela Apple, até porque muita gente comprou o mesmo iPod que você e logo dará problema no de muitos e será mais fácil a reclamação ser ouvida.

  14. Aldo, parabéns pela ação e postagem. Tive um problema idêntico. Levei em duas assistências em São Paulo, liguei várias vezes no 0800 e nada… Minha conclusão é idêntica: PROPAGANDA ENGANOSA. Quero acompanhar de perto e quem sabe conseguir trocar o meu também. Vale lembrar que mesmo que a Apple troque, ainda assim, o iPod nano 6ª G não serve ao propósito de ouvir um sonzinho enquanto corro…

  15. Aldo,

    parabéns pelo atigo e pela ação!

    Abs

  16. È isso mesmo Rubens. Aconselho você a entrar com uma ação judicial tb. Quandor eceber o meu de volta vou evitar correr com ele o que é um absurdo, pois comprei para isso.

  17. Aldo,

    Estou passando pelo mesmo problema e vejo isto como um grande absurdo. É inaceitável comprar um produto que é caro e não ter nenhuma ação por parte de quem vende. Acho que deveriamos iniciar um movivmento em redes sociais para ver se a Apple, ao ver o seu nome manchado, acorda para dar no mínimo uma atenção especial para os teus clientes.

  18. Tive o mesmo problema com o shuffle, apos a garantia, a apple não possui ouvidoria, o que fazer, só ação na justiça? Como acionar a apple no brasil? Se alguem souber me avise, não devemos nos calar.

  19. To na mesma situação…4 meses de uso !!!

  20. Aldo, mesmo problema… ipod nano 6° gen, 2meses de uso, mais 40 dias na assistência técnica para dizerem que a garantia não cobre umidade e eu deveria pagar R$380,00 por um novo. Vc pode me orientar como entrar com uma ação? Estou no PR.

  21. O meu iPod, comprado nos EUA parou hoje durante meu treino de corrida, estou arrependido deste equipamento, dinheiro jogado fora, pelo relato que vi foi o dinheiro mais mau gasto que tive.

    • É Rogério. Quando o meu parou pensei isto tb. O produto é bom, mas falta a Apple avisar que o mesmo não pode entrar em contato com o suor já que vários clientes compram para uso no esporte.
      Não sei qual a dificuldade da Apple em fazer uma proteção melhor contra suor e umidade. Será que não sabem? Não é possível!
      O problema se agrava aqui no Brasil porque o produto para nós é caro. Se custasse US$49 ou US$149 como custa nos EUA o impacto e a sensação de perda seria menor.
      Tente arrumar na garantia daqui do Brasil, caso ela não queira, acione o judicário com base no fato de que a garantia é dada mundialmente e em qualquer país e a Apple do Brasil não quis dar a garantia. Quem sabe dá certo.

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  22. Comprei o meu iPod nano 6a.geração nos EUA, será que consigo entrar com ação? não tenho a nota fiscal.
    Parou de tocar exatamente no meio do meu treino.

    • Olha, vou pedir para o Aldo confirmar, mas que eu saiba você não poderá entrar com ação, já que não tem o documento fiscal (portanto não pode nem provar que comprou). Por isso que é importante a NF.

      • Vc está certa Silvia, mas como o produto da Apple somente ela faz, pode ser que se consiga obter uma condenação do fabricante. Ainda mais a APple que possui um controle rígido sobre quem, quando e onde o IPOD foi comprado.
        Os únicos problemas que podem aparecer são o fato de não se conseguir saber a data (a Apple sabe) e não se poder processar quem vendeu, mas só o fabricante (a Apple).

    • Vc tem que levá-lo para a assistência técnia daqui do Brasil para o conserto. Eles irão negar o conserto afirmando umidade do suor. Peça uma carta afirmando isto algumas dão, parta mim deram).
      Com isso ente com uma ação afirmando que perdeu a nota fiscal. A Appel possui um cadastro com base no código de série do IPOD. Sabe tudo sobre ele inclusive onde foi compraro.
      É uma chance. Talvez consiga e caso não consiga não terá custonenhum por tratar-se de Juizados Especiais.

    • Quer uma cópia da minha Ação Judicial?

      • Se não for incomodo poderia enviar?

        Vou tentar ir em uma assistencia tecnica daqui do Brasil e ver o que consigo, um amigo que mora nos EUA pediu para enviar o aparelho para ele e tentar a troca por la, inclusive foi ele que comprou o aparelho para mim ele vai direto na loja.

        Vamos ver como acaba esta novela.

        Obrigado pelo retorno e boa sorte na ação.

        • Ok, já enviei ao seu mail. Depois vc me fala o que deu. Eu mesmo comprei na Espanha, mas estou com uma carta da assistência brasileira negando por causa disso.
          Tentei, por meio de um amigo, fazer a troca por lá, mas tinha que enviar o ipod e demoraria muito. Optei por entrar por aqui mesmo.

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  23. Caramba aconteceu a mesma coisa comigo, comprei em dezembro o IPod Nano touch e em fevereiro parou de funcionar o botão power levei na assistência e me falaram que a garantia não cobria pois eu tinha molhado o aparelho, mas nunca tinha molhado ele, depois caiu a ficha foi no treino na academia, bom entrei com processo junto ao procon ja se foram 2 meses agora o jeito é ir para o tribunal de pequenas causas.

    • Oi Rogério eu o aconselho a procurar os Juizados Especiais antes mesmo da resposta do procon, pois assim você adianta o processo e evita maiores alegações pela Apple de prescrição (perda do prazo) etc.
      Caso queira, possuo o modelo do processo que eu entrei se lhe servir eu passo com maior boa vontade.
      É um completo absurdo não conseguir usar um aparelho por casua de suor sendo que o próprio fabricante indica este uso.

    • Estou passando pelo mesmo e o tecnico me cobrou 350,00 para resolver meu problema, é mole? Nao sei o que faço se eu pago outro por esse valor receio tomar um prejuizo de 980,00 reais, pela compra e "concerto".

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  24. Meu pai foi mais uma vítima do iPod morto por suor, em menos de 2 meses de uso, agora fico sem saber oque fazer…

  25. Levei ontem meu Ipod Nano 6ª Geração de apenas 5 meses de vida para a assistencia técnica, ainda espero o resultado da analise, mas já imagino que não vão trocar o meu aparelho, é certo que ele tem avarias, em uma queda trincou o visor, mas isso não me impediu de continuar utilizando, o problema mesmo foi quando o botão de liga/desliga afundou, então o aparelho desligou e não ligou mais, tenho certeza que esse problema não teve nada com a queda, pois utilizei por muito tempo com a tela trincada, acho que muitas funções foram atribuidas para este frágil botão após a atualização de software fornecida pela apple, antes ele só apagava e acendia o aparelho, após a atualização ele passou a ligar e desligar (apertando e segurando) e a trocar de musica (dois cliques), percebi há alguns dias que o botão esta meio frouxo. Também fiquei indignado ao saber que um produto deste valor não tem conserto. Parabéns pelo Post e vamos brigar pelos direitos do consumidor.

    • Obrigado Daniel. Outro leitor afirmou aqui neste blog que o Ipod possui conserto, mas eu não consegui co que fosse arrumado. Talvez a autorizada da Apple aqui não esteja tão habilitada, mas vamos ver o que conseguirei. Atualizarei os meus progressos aqui no site.

      • Obrigado Aldo, recebi hoje a resposta da assistencia tecnica autorizada MacCompany, a solução é a troca do aparelho, o valor com desconto passado foi de R$499,00, sendo que comprei o aparelho no site da apple por R$578,00, solicite um diagnóstico detalhado, pois ele nem tiveram o trabalho de explicar o porque a solução do problema ser só a troca.

        • Parabéns Daniel. Ao menos vc conseguiu um ótimo desconto. Pena que não informaram o motivo. Seria interessante saber.

          • Aldo, boas noticias, pouco depois de tirar o meu Ipod da assistencia técnica, ja desacreditado, andei fuçando no site da Apple e achei o manual do Ipod nano 6ª geração, em PORTUGUÊS, e no mesmo consta que caso o vidro do ipod quebrasse, seria só leva-lo para a assistencia para conserto, liguei na Apple e eles me informaram que tem conserto, mas não no Brasil, pois aqui ainda não tem a loja de peças para conserto, como vi na sua matéria um trecho do código de defesa do consumidor que diz que o importador ou fabricante deve ter peças para conserto e manutenção, juntei tudo (manual, emails, comprovantes) e dei entrada em um processo no JEC do forum regional de santana, e GANHEI, ja recebi ligação da Apple para realizar a troca. Abs

          • Nossa…fantástico Daniel. Parabéns. Eu mesmo tive uma audiência de tentativa de conciliação no último dia 25 de fevereiro, mas a advogada da Apple e a representante da empresa se limitaram a falar que a orientação da Apple é não trocar o aparelho porque o sensor de umidade só acende com água e não acende com suor (SIC). Em agosto em terei a audiência de instrução. Vamos ver o que dará. Tem como me passar uma cópia da sentença por e-mail ou o número do processo?Obrigado.

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  26. Valdineis Rodrigo

    Aldo tive o mesmo problema que você e gostaria de ingressar contra a apple.
    Você pode me enviar a sua petição, só para tomar de base….
    Você já teve algum retorno?? Em que fase do processo está?? No Procon não deu em nada??
    Obrigado

  27. Fernando Rodrigues

    3 semanas de uso e o meu iPod Shuffle 6º geração também parou de funcionar durante uma corrida!

    Aldo,
    Poderia me passar a cópia do seu processo também? Eu tenho uma única dúvida: Eu comprei nos EUA e não tenho mais a nota fiscal do aparelho… Mas eu acho que dá pra resgatar o dia em que o aparelho foi registrado no iTunes. Será suficiente?

    Ainda irei levar a autorizada, mas pelo histórico já imagino qual será a resposta!

    Abraços e vamos atrás dos nossos direitos…
    Fernando Rodrigues

    • É Fernando o problema é que o Código de Defesa do Consumidor trata de aquisições realizadas dentro do Brasil, mas vc pode tentar uma ação judicial no JEC – Juizado Especial Cível alegando que foi atingido pela publicidade enganosa veiculada no site da Apple aqui no Brasil e alegar, também, que a Apple dá garantia mundial e, por isso, não pode negar a troca com base que consumidores não pdoem ser discriminados. Mande seu mail pra mim que te mando uma cópia da ação com prazer.
      Abs.

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  28. Olá Dr. Aldo, tudo bom? hoje (dia 03/07/2011) tive o mesmo problema com o meu Ipod Nano 6º geração, utilizando o mesmo no circuito Adidas 2011 (Outono), depois da corrida, o sensor de umidade se ativou, resetei ele conforme o manual e depois ficou piscando a tela, e parou de ligar. Concordo com o Dr., infelizmente a Apple não respeita o ordenamento jurídico de outras nações, peço a "devida venia" ao Sr., como também sou operador do Direito, para dizer que fui enganado com a propaganda enganosa do site. Se o referido Ipod pode sofrer esses problemas, é mais do que uma obrigação da Apple avisar a todos os consumidores de todas as nações onde o mesmo é exportado. Achei interessante o Sr. mencionar o Ministério Público, esta instituição na qual admiro e respeito muito e almejo fazer parte um dia. Para que esse 4º Poder do Estado, possa tomar as medidas cabiveis, para evitar que nós brasileiros consumidores, possa ser cerceado e violado nossos direitos constitucionais. Comprei o meu em abril deste ano, vou primeiro tentar resolver administrativamente, se não tiver exito, porque meu objetivo é a troca por um novo. Vou acionar o Poder Judiciário, exigir a devida tutela jurisdicional do Estado e sem dúvida notificar ao Egrégio Ministério Público do Estado de São Paulo. Será que podemos discutir esse assunto, obrigado e parabéns pela sua ação. Gosto da Apple, uma empresa de grande sucesso, mas é necessário que a mesma seja cautelosa com os seus produtos e seja objetiva e esclarecedora de eventuais futuros problemas.

  29. Velho comprei essa bosta a uma semana parou do nada e so iluzão ipod de merda eu vo entrar naquela loja se eles nçao me derem outro eu quebro tudo, e outra paguei caro por isso.

  30. Aconteceu o mesmo comigo!

  31. Olá, Aldo. Tudo bom? Comprei um ipod shuffle 3º geração há 2 semanas (comprei semi-novo, porém funcionando perfeitamente), e tive a surpresa de os comandos no fone de ouvido pararem de responder após uma longa corrida na esteira. Como todos os comandos do ipod shuffle são feitos pelo fone, eu simplesmente não consigo mais aumentar nem abaixar o volume, e não consigo mais passar as musicas. A única coisa que consigo fazer é pausar.

    Eu poderia entrar com um processo também, uma vez que comprei semi-novo, sem nota? E a pessoa que me vendeu comprou nos EUA, porém eu ainda tenho o contato dessa pessoa caso seja preciso.

    Se possível poderia me enviar uma cópia da sua ação?

    Abraços.

    • Oi Diego. O Ipod Shuffle tem este problema mesmo. Por este motivo que a Apple retomou o modelo anterior com os botões no corpo do aparelho.
      Se pesquisar na net verá que tem várias pessoas reclamando do Shuffle.
      Quanto aos seus direitos, o Código de Defesa do Consumidor não faz distinção de produto novo ou usado para que a garantia seja aplicada, mas vc processará quem? O seu amigo? Como provará que ele te vendeu?
      Percebe a sua situação delicada?
      Estou à disposição.

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  32. Olá Aldo, estou com o mesmo problema que vc teve e muitas das pessoas que comentáram no seu post….é lamentavel.
    Quero entrar com um processo no procon e pequenas causas.
    Vc conseguiria me mandar o modelo do seu processo?
    queria tb saber como anda o seu caso?

    obrigada
    Gabriela

  33. Caro Aldo,

    Tive exatamente a mesma experiência. No entanto, comprei o mesmo aparelho na BestBuy, em NY. Utilizei-o por 2 dias, obviamente na academia (nem sei se cheguei a correr de forma suar, de fato, o aparelho) e o mesmo parou de funcionar. Por alguns dias ficou piscando a tela e, posteriormente, desligou (pra sempre). Estou vendo se vou conseguir trocá-lo na autorizada de Porto Alegre. Aproveito o ensejo para fazer uma pergunta, como eu comprei o aparelho fora (USA), não posso processar de nenhum modo a empresa ou alguma entidade governalmental aqui no sul? Se me responderes isso, prontamente irei acionar um advogado daqui para fazer a mesma coisa que tu fizestes.. Até!

  34. Oi Aldo,

    Queria comentar que sou brasileiro, mas moro em NY e a mesma coisa aconteceu comigo aqui. Só que quando fui na loja o atendente ao ver meu Ipod quebrado e perceber que não tinha solução me deu um novo Ipod na hora, sem burocracia nenhuma, só tive que assinar um papel. Pena que a mesma coisa não aconteça no Brasil.
    Boa sorte com a sua ação!
    Pedro

  35. olá Aldo,
    tive um problema com meu iPod Nano 6ª geração, ele quebrou o display, você poderia me ajudar, isso está dentro da garantia. Por favor gostaria que me ajudasse!

    • O assunto do Aldo nessa postagem, dizendo que a garantia não cobria, é o fato do equipamento deixar de funcionar por entrar em contato com o suor. No seu caso creio que a garantia procede normalmente. Claro que desde que a "quebra" do display seja por problema de fabricação, pois se for por mau uso do equipamento, as leis nacionais dizem que o fabricante está isento de ter que fazer o conserto sem cobrar.

    • Oi Nadir, primeiro é preciso saber como que o display quebrou e por qual motivo. Se o display quebrou, por exemplo, porque a "cola" da fábrica não foi bem colocada e ele caiu sozinho é uma coisa e o consumidor tem total direito ao conserto ou reposição, mas dependerá de como comprovará tal fato.
      Por outro lado, se o display quebrou por mal uso ou por queda a garantia não englobará este conserto.
      Caso ocorra contigo o que aconteceu comigo e aleguem que o produto não tem conserto você poderá, ainda, solicitar a reposição do produto porque a Apple omitiu um dado essencial do produto e, por isso, fez publicidade enganosa por omissão.
      Entendeu?

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  36. Aldo tive o mesmo problema com meu iphone 4 e quero entrar na justiça tambem o que me aconselha??? NUNCA ele caiu na água nem molhou e naoo querem fazer a manutençao dele

  37. comigo aconteceu o mesmo eu estou com tanta raiva

    • Rakemes sei o que está passando. Não podemos é ficar inertes e aceitar isso de forma passiva. Temos que fazer algo que leve a Apple melhorar o produto. O ipod Shuffle mudou o modelo porque o suor entrava no fio e o mesmo parava de funcionar. Como o fio é que controlava o ipod vc acabava perdendo o aparelho até que comprasse outro fio.
      Caso queira, posso mandar o modelo de ação judicial para entrar no Juizado especial civel. Não tem custos e não precisa de advogado.

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  38. Meu nano também deu problema no botao liga/desliga, diante de todo exposto que pesquisei na net cheguei a uma simples conclusão, não deveriamos deixar este produto entrar no nosso Brasil, se o nano não pode suar, ele então tem que ser vendido somente onde neva.

  39. Olá Aldo!Sou recém advogada, corredora e de Minas!Vc tem algum email para que possamos conversar melhor?Gostaria de ver sua peça….aconteceu o mesmo comigo!Obrigada!

  40. Aconteceu o mesmo comigo gente. Comprei um ipod nano 6ª geração recentemente e justamente para usar enquanto me exercito. É ilógico um produto feito para ser usado por esportistas que não pode ter contato com suor. Ou seja, você investe um bom dinheiro comprando o ipod + o sensor Nike Plus + o transmissor Polar Wearlink Nike, e na terceira corrida o maldito para de funcionar porque você suou ao se exercitar. Agora me digam para quê criar toda essa parafernália se o produto não pode ter contato com suor? E não adianta reclamar em sites como Reclame Aqui e outros, pois a Apple do Brasil simplesmente ignora. Parabéns Aldo! Você está incentivando a todos nós, consumidores lesados por essa empresa de quinta a buscarmos nossos direitos! Antes tivesse comprado um mp3 qualquer! Desejo sorte a todos que se encontram na mesma situação que eu. Vou com certeza buscar os meus direitos depois do que li aqui.

    • Ana Flávia senti o mesmo que você. Adorei o Ipod Nano e fiquei deslumbrado com o tamanho, tempo de carga da bateria etc, mas a alegria durou muito pouco. Acho inadmissível que um produto como este não possa ter contato com suor. Ainda mais quando a publicidade é totalmente direcionada à esportistas e corredores.
      Caso precise de um auxílio estou á disposição e posso enviar o modelo da ação judicial para que você busque os seus direitos na justiça. Pode entrar com uma ação no juizado especial cível que nem precisa de advogado e nem paga custas.

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  41. Também passei por esta situação. Corredores, vamos fazer campanhas em defesa do consumidor, que é levado a erro pelos revendedores e fabricantes.

  42. Cara entra no site ebay que você acha display para ele e tem vários vídeos de conserto no youtube Tem conserto sim!

    • Verdade Eduardo? Mas será que é fácil fazer? Ele está funcionando normalmente, mas controlo ele pelo som do carro. Porém, o visor não aparece nada. Se tirá-lo do veículo não consigo controlar nada, porque não vejo a tela.
      O pessoal da autorizada da Apple de Campinas disse que não tem. Fiquei "vendido" e revoltado.

  43. Olá Pessoal,
    após 4 meses de uso meu ipod nano 6G, apagou no meio do treino de corrida, não to acreditando que esse produto direcionado para prática de esportes seja tão sensivel assim, tenho somente o invoice da apple pois veio do EUA, sou de Belo Horizonte-MG, alguém aqui passou pelo mesmo problema?
    Aldo poderia passar sua petição? (candiao@gmail.com) agradeceria, vou levar em uma autorizada mas pelo jeito a resposta é padrão para todos, é visivel está mudança de cor no "sensor de umidade"?
    Obrigado e boa sorte a todos.

    • Como você poderá conferir em outros comentários (e resposta do Aldo), é bem comum o problema que você está enfrentando e, pelo que uma outra leitora também relata (que ela comprou fora do Brasil), a resposta é a mesma: a garantia não cobre, pois o dano foi feito por causa de suor.
      Vou encaminhar seu contato para o Aldo, que no momento está afastado do blog. Vamos ver se ele consegue lhe responder.

      • Oi Candido. Posso passar a petição sim, claro. Qualquer coisa o meu e-mail é aldobsjr@uol.com.br . A intenção deste post é justamente auxiliar quem passou pelo mesmo problema e avisar aos que não passaram que poderão passar.
        Parece que a garantia da Apple é mundial e consta isto no termo. Se for, há uma chance sim.
        Lerei a garantia e conversamos melhor.

  44. acabei de comprar um nano de 6 geração… ainda n o usei para correr.
    Sempre usei um shuffle.. n lembro a geração.. mas o bixinho sempre aguentou mt bem o suor (e olha que eu saio pingando.. parecendo uma cachoeira mesmo)… e digo mais, até chuva o meu shuffle já levou e sobreviveu!

    Nao sei se é a tecnologia touch que está estragando o nano… mas e ae Aldo.. como tá o processo? Já teve Aud. de Conciliação? abraço

  45. Caso igual ao seu, vou ajuizar acao.

  46. Manual do iPod Nano 6th Geração: http://i.s8.com.br/images/manuais/software/218803
    Segundo o manual como presente na página 76: Se o vidro lascar ou rachar, não o toque nem tente remover o vidro quebrado. Pare de usar o iPod nano e leve-o a um fornecedor de serviços autorizado Apple ou à Apple "para trocar o vidro quebrado". Ao tentar trocar o vidro me fizeram a proposta indecente de me oferecer um iPod novo quase pelo preço que paguei o mesmo se entregasse o meu. Uma vergonha.

    • Realmente uma vergonha.
      Lamentável estarmos "na mão" dessas grandes corporações. Estou vivenciando algo assim com a Microsoft e seu Windows.
      Acho que realmente temos que parar de "bater palminhas" e comprar deles.

      • Oi Luís. Se o IPOD estiver na garantia você pode exigir o conserto sem pagar nada. Caso a Apple não queira obedecer a garantia, entre com uma reclamação ao PROCON de sua cidade e com uma ação judicial no Juizado Especial Cível. Seria interessante se todos aqui reclamassem no Ministério Público de Defesa do Consumidor, talvez assim uma ação civil pública fosse aberta e a Apple assinasse um TAC sobre o assunto. Quem sabe.

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  47. Eu também tive o problema do botão power afundado, mas nunca usei o Nano 6. geração para treinar e nunca molhei. A garantia ainda está vigente, pois o adquiri em abril/2011 e a assistência técnica me ofereceu a substituição por um novo com desconto. Como não vivo sem o iPod e o desconto era boim, topei, mas sob o risco de ter de voltar lá daqui há 6 meses para comprar outro novo com desconto.

  48. Olá, Aldo meu IPOD NANO que eu tenho a quase um ano e meio agora começou apresentar problemas, a tela esta ficando clara como se tivesse desregulada, enfim, um defeito. O que vc acha que eu deveria fazer? Afinal, minha garantia expirou e nao há nenhuma forma de concerto, pelo que eu vi aqui nesses posts.
    Desde ja agradeço!

    • Como o Aldo está temporariamente afastado do blog, permito-me responder seu questionamento.
      Esse post trata EXCLUSIVAMENTE de um problema que acontece no iPod e que nem garantia ou fabricante cobrem (estando ou não no prazo): parar de funcionar por causa do suor.
      Se esse é seu caso (ou mesmo se não for), como a sua garantia já expirou, cabe a você levar o aparelho numa assistência e ver se o custo para consertar compensa. Não existe outra coisa a se fazer, é consertar (e pagar) ou não.

      • Oi Wallace o pior é que a Silvia tem razão. Como a garantia expirou não há outra ação a ser tomada senão verificar se há conserto. Contudo, como eu tentei consertar o meu e não consegui, não creio que obtenha sucesso.Infelizmente.

  49. Obrigado Silvia pelo exclarecimento, bom, pelo que eu li do Aldo, ele esta(va) brigando na justiça, certo? Qual foi o desfecho do caso dele? Sera que eu poderia também recorrer a justiça? Desde já agradeço! Wallace

  50. Estou lendo seu post e… inacreditável!!!! Parece que eu mesmo escrevi. Tive exatamente o mesmo problema, na mesma situação, com o mesmo produto, ouvi as mesmas explicações absurdas e fiquei sem o aparelho. Pra piorar vi que vários comentários são de outras pessoas ENGANADAS pela falsa idéia de que a APLLE é um empresa séria. Será que não compensa uma ação coletiva contra a Apple?

  51. Caros, boa sorte com o desenrolar dos processos judiciais. Meu iPod parou de funcionar, porém aparentemente não foi por suor e sim, por umidade. É outro caso… No entanto, desejo boa sorte a vocês.

  52. o mesmo aconteceu comigo

  53. Tive o mesmissimo problema! Como anda seu processo?

  54. Muito boa a postagem, pois sempre antes de fazer compra de eletrônicos busco informações de pessoas que já o fizeram, e as opiniões de certa forma auxiliam na hora de realizar a compra.

    • É uma boa idéia e eu mesmo procurei informações, mas nunca imaginei que usando ele na forma da foto eu teria problemas. O modelo 6ª geração tinha sido lançado recentemente quando comprei, por isso ninguém saberia as consequências.

  55. Hoje durante o treino meu IPod Nano Touch também parou de funcionar, acredito que pelo mesmo problema, suor. Inacreditável ter comprado o aparelho nos EUA a menos de cinco meses. Ninguém conseguiu reverter a situação?

  56. Oi Aldo, boa noite.
    Hoje a tarde passei pelo mesmo que você;
    Estava eu saindo da academia após correr e meu ipod tinha parado de funcionar.
    Você poderia, por favor, me encaminhar uma cópia da ação? Achei um absurdo tudo isso.
    meu email: suellen.campana@gmail.com

    Muito obrigada!

  57. Lamentável. Acabou de acontecer comigo agora. No meio da corrida, simplesmente ficou com a tela em branco e, depois, apagou-se para nunca mais voltar.
    Como isto é possível? Descaso triste.

  58. Um amigo aqui neste forum indicou o You Tube como recurso para tentar resolver esses problemas. Fui olhar e realmente há varias dicas lá , até um tutorial para abrir o Ipod Nano 6ª geração. Creio que qualquer técnico em eletronica ou mesmo um relojoeiro poderá abrir e consertar , nos casos de umidade ou perda de função da tecla power. Vejam em http://www.badgizmorepair.com/

  59. meu ipod shuffle parou de ligar ontem, apos treino de body jump, como eu suei basatante, ele nao aguentou e pifou, nao liga mais

  60. o botao do meu ipod quebrou ta molhinho sei lá oq eu faço??Tem como arruma-lo??

  61. Rodolfo Anunciação

    Olá Silvia e Aldo, um amigo comprou para mim um novo iPad nos EUA a um mês atrás e uns 10 dias atrás eu recebi ele (nem paguei ainda), uma semana depois ele caiu do braço do sofá, pequena altura, e caiu com a tela virada para o chão e trincou ela (funciona normalmente). Já sabendo que a garantia não cobriria, liguei para o 0800 da Apple para me informarem uma assistência técnica para que eu pudesse levar o iPad para trocar a tela, foi aí que o atendente me informou que a Apple não disponibiliza peças para troca, troca os produtos na garantia pois "é mais barato", como acidente não está na garantia eles oferecem um mísero desconto na compra de um novo ou aconselham uma assistência que não usa peças Apple ocasionando na perda da garantia, eu reclamei, falei do código de defesa do consumidor e ele falou que no canal dele não poderia me ajudar e ia transferir meu caso para outro. Hoje a Denise (brasileira) me ligou da Apple lá nos EUA e confirmou tudo, falou que no mundo inteiro a Apple é assim, não troca as peças tanto de iPods, iPhone e iPad, porque é arriscado abrir eles e pode danificar alguma coisa lá dentro, sua alta tecnologia, blá, blá, blá, dá "novos" produtos sem caixa, sem acessórios, quando há defeito nos botões, placas internas, etc., me ofereceu um desconto de, acreditem, R$ 175 na compra de um novo, eu quase ri na cara dela, devia ter rido, falei que ainda nem paguei o meu e foi R$ 1861 com impostos e com esse desconto aqui no Brasil sairia por R$ 2125, absurdo, ou eu continuar usando ele com a tela trincada, sendo que pode trincar mais ou até quebrar o que está trincado. Eu uso produtos Apple há quase 5 anos nunca deram nenhum tipo de problema, nem de queda, iPod Touch 2ª ger. (caiu duas vezes, uma com a tela no chão de uma altura maior e só deu um arranhado pequeno), iPad 1ª ger. (nunca caiu) e iPhone 4 que ainda possuo (caiu 3 vezes nunca com a tela no chão e nem o vidro traseiro que é mais sensível arranhou), justo esse com uma semana trinca a tela.

    Se você pudesse me ajudar, aonde devo ir, Procon, Juizado Especial, Pequenas Causas e como devo proceder… Eu tenho a nota fiscal, como foi tudo por telefone eu só tenho o número do protocolo que me deram…

    Se puder me enviar uma cópia da sua ação, meu email: rodolfo0492@yahoo.com.br

    Obrigado.

    • Rodolfo, só o que aprendi com o seu relato é: não comprar produtos Apple, jamais, pois se acontecer um problema (ocasionado por mau uso e não coberto pela garantia), "estou danada" – rs
      Vou encaminhar sua questão para o Aldo para ver se ele tem algo para lhe sugerir (eu desconheço).

    • Rodolfo é triste este relato e confesso que lembrei da alegria de quando comprei o meu ipod e da tristeza profunda quando percebi que não tinha conserto ou troca na garantia. Infelizmente a Apple desrespeita a legislação brasileira na "cara de pau". Acabo até de pensar em fazer um abaixo assinado virtual para que levássemos ao Ministério Público e tal fato fosse ao menos divulgado pela Apple em seus comerciais e anúncios, já que são dados essenciais da publicidade. Assim, evitaríamos futuros desgostos por terceiros.

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  62. Aconteceu comigo também! Comprei um IPOD Nano em Dez/11 e ele parou de funcionar na semana passada. Levei na loja da Apple e qual foi minha surpresa ao ouvir que havia perdido a garantia, pois o IPOD tinha sido molhado. Informei ao técnico que só usava o aparelho para correr e que nunca havia caído água nele. Qual foi a minha surpresa ao ouvir do técnico que o problema era usar o IPOD para correr. Que eu não deveria usar o produto durante as corridas. Ora, toda a propaganda do IPOD no site da Apple remete a corrida/caminhada, porém não podemos usar o aparelho para isto? Não é propaganda enganosa? Estou muito decepcionada!

  63. Olá Aldo,

    Adquiri meu Ipod Nano 6G 16gb em fevereiro deste ano nos EUA. Hj, depois de menos de 4 meses de uso, o aparelho deixou de funcionar (apagou, morreu, não dá nenhum sinal de vida).
    O caso é idêntico ao seu pois só uso o aparelho para treinar na academia. Com certeza o suor "matou" o coitado.
    Queria saber se, o aparelho tendo sido comprado nos EUA, há alguma chance de trocá-lo pela garantia? A quantas anda o seu processo? Vale a pena fazer a mesma coisa ou só dá dor de cabeça?

    Abraços e tudo de bom.

    • O Aldo já respondeu alguns questionamentos nessa postagem parecidos com o seu, portanto posso adiantar:
      – Primeiro recomendo-o a levar o aparelho na Assistência Técnica, afinal ainda não foi falado para você que não terá direito à troca do aparelho, que o motivo foi suor. Você não sabe com certeza o que pode ter acontecido. E eles poderão lhe dizer se a garantia é ou não válida aqui.
      – O Aldo terá uma nova audiência do processo dele em agosto próximo, como está atualizado no final do post. Só nessa ocasião ele poderá falar para você e todos os leitores se valeu ou não a pena a ação.

    • A Apple afirma que a garantia não cobre aparelhos comprados fora do país, mas ainda assim conserta pela garantia problemas que não estejam associados ao sensor de umidade ou mal funcionamento, ou seja, a Apple cobre pela garantia aparelhos comprados no exterior.
      Ainda assim, se verificarmos que vc comprou o produto para uso em esportes compelido pela publicidade enganosa, pode-se até afirmar que você seria um possível consumidor equiparado. Depende do posicionamento do juiz. Tente! Só terei audiência em agosto, mas não se pode ter a minha audiência como base para verificar se compensa ou não entrar com ação judicial, uma vez que nessa mesma matéria há pessoas que entraram com a ação e já ganharam.

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  64. Olá pessoal,

    Acabou de acontecer com meu iPod Nano 6a. Geração, levei ao Iplace BH Shopping e o técnico me disse que não pode fazer nada, pois detector umidade esta ativado (vermelho).
    Isso aconteceu após uma prova (corrida).
    Dr. Aldo irei entrar JESP aqui em BH-MG na segunda 11/06/12, poderia me enviar seu modelo de processo?

    candiao@gmail.com

    Ficaria grato.

    Candido Souza

  65. meu ipod nano 16g 6 geração alem de não ligar quando coloco pra carregar ele esquenta muito o que fazer?

  66. Prezado,

    poderia me enviar uma cópia da ação?

    candiao@gmail.com

    Obrigado.

  67. Boa tarde!!

    Dr. Aldo,

    Sou advogada e estou com um cliente com o mesmo problema em discussão e gostaria de saber se seria possível o Sr enviar o modelo da petição para que eu possa analisar o caso do meu cliente baseado nos seus conceitos.

    Aguardo resposta,

    Maria Virgínia

  68. Olá, amigos !

    Também estou profundamente arrependida de ter comprado o iPod nano! O meu aparelho quebrou com menos de dois meses de uso e ao levar a assistência técnica obtive a mesma resposta absurda com relação a garantia perdida devido a umidade.Como é q pode vc comprar um aparelho tão caro e utilizar por apenas 45 dias…É REVOLTANTE!

  69. Marianna Gonçalves

    Boa noite, sr. Aldo. Não tive o mesmo problema em relação à umidade. No entanto, ao ler seu texto me deparei com o artigo 32 do CDC que eu desconhecia até então. O meu problema foi o mesmo relatado por outros comentadores em relação ao botão que ''afunda'' e passei por todas as etapas de ir à assistência técnica e depois buscar conserto por lojas particulares e descobrir que, simplesmente, não há conserto. Como o modelo do aparelho é o mesmo e como imagino que o senhor tenha citado na sua ação a questão da ''falta de conserto'' para o aparelho, agradeceria se o senhor também me enviasse uma cópia da ação para conversar com a minha mãe sobre como proceder já que ela também é advogada.
    Grata desde já.

  70. Ola! encontrei o site procurando uma solução para o meu ipod nano6th 8G (comprado em março 2012). O que aconteceu foi o seguinte, à duas semanas atrás esqueci meu ipod no bolso da calça e ele foi para a máquina de lavar e depois para a máquina de secar. Rodou por longos 40min na secadora, quando tirei o vidro estava todo trincado e claro não estava funcionando. Porém hoje, 12/07/2012, resolvi colocar ele para carregar e ver o que acontecia, e surpresa!!! está funcionando normalmente inclusive o touch, claro está com um aspecto feio pelo vidro estar quebrado, e por isso gostaria de encontrar uma solução, mas já li bastante e pelo que pude entender não há!! Peço que se alguém souber alguma assistência no estado de São Paulo que troque o vidro me informe por favor.
    Obrigada e boa sorte a todos!

  71. Estou na mesma situação, o meu parou em janeiro. Estava malhando( suando, em bicas) e de repente, o meu parou tb. Ele parece acender, bem fraco, quase nao da para visualizar, mas tb nao toca nada.

  72. Bom o meu ipood nano aconteceu o msmo comprei no final de maio e tb parou sem sinal de vida o q eu faco?

  73. Gente acredito que isso e um problema com as assistencia da apple no Brasil. Vcs ja tentaram escrever um email para aplle nos usa ? Eu moro fora do Brasil, Panama, e ja estou indo pro meu 4 ipod que a aplle me troca sem nenhum incoveniente. Todos os meus ipods o volume comeca a abaixar sozinho durante a corrida ai levo na assintencia e me trocam por um novo. Mas a verdade e que ja estou de saco cheio de ter que ficar indo trocar meu ipod a cada 2 meses.

  74. Ainda bem que eu encontrei o seu site, porque estava com o "meu" nano no carrinho 8g. Decidi procurar alguma coisa na net pra saber como estava a apple em questao de bateria e me deparo com essa bomba. Deixa queto, melhor comprar um mais simples e com direito a garantia decente ¬¬
    Vlw mesmo

  75. Aconteceu com o meu Ipod Nano 8gb comprado na NikeStore dos EUA. Fiquei desesperada ao saber que era por causa do suor.Absurdo mesmo. Mandei de volta pra uma amiga que mora l[a nos EUA e ela reenviou para a Nike Store. Eles me reembolsaram sem problemas e comprei outro. Mas agora que sei do problema não vou usa-lo na corrida,apenas para ouvir musica em viagens e passeios tranquilos. Realmente aqui no Brasil o desrespeito ao consumidor [e enorme…por um instante eu fiquei feliz por ter comprado fora daqui…mas fiquei triste em constatar o quanto ainda temos que evoluir.

    Estou na torcida pela justiça…e que seu processo seja o início desse caminho. Abraços
    Elaine Braga

  76. Gente, hoje aconteceu o mesmo comigo.. estava correndo com o meu ipod, quando o botao parou de funcionar. E olhs que eu o estava usando no pulso, com aquela pulseira/relogio… Minha tia comprou pra mim em fevereiro, só que nos EUA. Voces sabem se a garantia é universal? e infelizmente nao tenho mais o cupom fiscal. Só que parece que pelo numero de seria, eles conseguem visualizar qd o produto foi comprado. Alguem sabe me dizer? E como esta seu processo Aldo? Se eu nao conseguir nada, vou entrar no procon. Pode me enviar o modelo do seu processo? Obrigada

    • Camila, por partes:
      – se o seu ainda está em garantia: que garantia, se todos nesse post reclamam que o caso de parar, qdo está usando para praticar esporte, que é por causa do suor, não tem garantia nenhuma.
      – como você comprou fora do Brasil, tem um leitor que acabou de nos dizer que lá ela conseguiu trocar na hora – você pode tentar (só não sei quanto à nota fiscal, qual será a exigência lá = aqui seria obrigatório).
      – o processo do Aldo ia ter uma nova audiência nesse mês de agosto. Assim que ele tiver novidades, voltaremos a atualizar esse post.
      E creio que assim que ele vir sua solicitação, lhe envia cópia do processo.

      • Eu troquei o meu nos EUA,não preciso de nota fiscal pois a Nike Store tinha o meu histórico de compras. Só enviei o aparelho na caixa (que eu tinha guardado),com o fone. Eles me enviaram um papel que serviria para envio gratuito da casa da minha amiga para a loja. Eles pediram para eu descrever num papel e colocar junto do ipod qual foi o problema. Pelo rastreio da caixa eu vi que no dia que a caixa chegou na Nike Store eles liberaram o credito no meu cartão de crédito.

        Mas pelo que já li aqui,um rapa que mora em Ny voltou na loja que ele comprou e deram um novo pra ele na hora. Não sei se ele levou nota fiscal,mas acho que pelo serial number dá pra saber se está na garantia ou não.

        Boa sorte.

    • Verifique que acabou de sair a sentença do processo que o Aldo moveu contra a Apple – com relação ao iPod: http://tudibao.com.br/2012/09/a-justica-determina

  77. Aconteceu o mesmo com o meu Ipod nano 8 GB. Infelizmente, só me restou a opção de enviar o meu aparelho para a Apple e receber um outro, nôvo, com apenas 03 meses de garantia e mediante pagamento de 60% do valor de um aparelho nôvo.

  78. Apple acabou de perder um cliente.

  79. gente, tem uma empresa a maccentris, que troca os produtos da apple fora ou com a garantia, por um produto novo.. tipo fora da garantia, sai pela metade do preço.. exemplo, eu tenho um ipod touch faz mais de 1 ano, e agora a bateria dele acabo de vez! não quer mais ligar de jeito nenhum.. então liguei pra loja, e me falaram que eria trocar o iPod mais com o preço de 450 reais, eu acho que vale muito a pena.

    • São coisas distintas: procurar uma alternativa mais barata pra uma nova compra (como seu caso) e ir atrás dos direitos enquanto consumidor, por o produto ter dado problema na garantia e por uso "indicado" pelo fabricante – como é o caso que o Aldo e os leitores desse post relatam…

  80. Colegas, me deparei semana passada com este problema no meu Ipod, e a justificativa foi a mesma informada na postagem. Realmente um absurdo esta situação. Será que não conseguimos em nenhum lugar dá um "jeito" para ele voltar a funcionar?

  81. Olá Pessoal!

    Comigo aconteceu o mesmo, entre Juizado de Consumo em Belo Horizonte-MG e hoje saiu a setença a meu favor. [],s candiao@gmail.com
    Obs.: Agradeço ao Aldo Batista, pois minha advogada utilizou-se deste blog para escrever a minha petição. E caso necessitem posso enviar a setença e petição.

  82. Tive 2 semanas de uso. Ipod 6th generation em perfeitas condicoes, sem funcionar e sem concerto. Absurdo.

  83. Ganhei um IPod Nano Touch na caixa com pouco uso, carreguei e em poucos dias de uso na academia a tela parou do nada , em seguida minha esposa me deu o dela que pouco usava e após a prova de São Silvestre parou de funcionar. Os dois que tenho funcionam agora apenas como pen drive para o Itunes. Observando o que foi escrito por vários usuários do produto , percebo que o problema tem a ver com o suor ou aguá que todo o corredor convive no esporte, não tem como evitar. Seria mais responsável se o fabricante não indicasse o aparelho para uso esportivo, ou se assim fizesse , criassem uma proteção contra estes elementos que danificam o aparelho. Vou tentar levar a Iphone Solution.com.br e ver se terei muito prejuizo (pois não estão na garantia) ou ficarei sem meus 2 aparelhos, então farei questão de não recomendar a nenhum colega corredor o uso deste aparelho em corridas.

    • Bem, se não estão na garantia é complicado, pois você não pode nem acionar a Apple na justiça. E, pelo que li em outros comentários aqui, a assistência deles não abre esse equipamento pra consertar, talvez você tenha que tentar alguma empresa paralela.

  84. Aconteceu a mesma coisa com o meu ipod shuffle, parou de funcionar no meio da corrida devido ao suor… fiquei indignado como o aparelho é fragil… Apple tem q melhorar seus produtos!

  85. Looooool, fan boys andróid
    Tenho o meu iPad 1 e o meu iphone 4 já desde quando ele saiu e não tenho qualquer problema.

  86. Balela, o iPod nano tem como abrir sim! Isso se chama loja de vagabundos que não querem ter trabalho em ajudar o cliente.

    • Eu removi o link do vídeo que vc postou, que mostrava como abrir o equipamento, pois não é esse o propósito desse post (ou do blog), não somos um site que ensina a consertar, com tutoriais…
      Além do mais, incentivar as pessoas que estão com o aparelho na garantia a abri-los seria irresponsável, já que, dessa forma, perderiam o direito a mover uma ação contra o fabricante.

  87. Mais uma pro time galera. Acho que eu devia ter fotografado minha cara ao saber do diagnóstico. Como assim? É quase como se fazer uma capa de chuva que não possa ser molhada. Ou que ao menos viesse escrito no Ipod: use apenas após o banho, com o corpo totalmente seco. Mas vc pode usá-lo na academia, desde que vc não vá se exercitar. Só mesmo fazendo piada pra engolir uma dessas. Se alguém tiver sucesso na solução do problema, me avisem.

  88. Tenho um ipod shufflet, o aparelho parou de funcionar durante a corrida; de lá pra cá o aparelho de vez em quando liga e durante ligado o som vai diminuindo até ficar mudo – depois não liga mais. Já reiniciei, restaurei e nada.

  89. Estou com o mesmo problema…comprei há quatro meses e a assistência em Brasília me deu a mesma resposta…
    Se isso acontece nos EUA vc chega na loja da APPLE e eles trocam na hora, não questionam e nem exigem a nota fiscal. Por que aqui no Brasil eles não agem da mesma forma? ABSURDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
    Agora estou eu com esse troço quebrado com APENAS QUATRO MESES DE USO…

    • Segundo comentários de outros que compraram fora do Brasil, e reclamaram em loja fora, se o problema é o suor, eles não trocam o equipamento lá também. Entre na justiça, como o Aldo fez e exija seus direitos.

  90. Aconteceu tambem comigo. Trocaram da primeira vez, ainda na garantia. Acho que não detetaram que o problema era devido contato com suor, que aliás, nem imaginava que isto fosse possível. Agora que aconteceu novamente, fora da garantia, vou ter que pagar para adquirir outro. Absurdos!!!

  91. Acabei de descobrir que estou com o mesmo problema !!!!! O meu foi comprado na Europa e chegou a durar 2 anos e meio ……

  92. è foda mesmo tinha um ipod nano geração 6
    e simplesmente parou de funcionar do nada, ae levei pra consertar ficou 150 reais, usei apenas dois dias e a tela não fica mais acesa, usei durante um ano e meio, realmente é um absurdo essa parada de obsôlencia programada, pois os produtos são feitos para serem descartados mesmo. aqui pelos preços astrônomicos e absurdos ainda temos a cultura de consertar equipamentos diferentemente de lá na Europa ou EUA, eles simplesmente jogam no lixo e compram outro. não compensa comprar Ipods, Iphones nem nada ao não ser se você é um rico miliónario que pode gastar dinheiro a torto e a direto, agora o cidadão comum de bem que rala para ter suas coisas fazer economia, realmente temos que pensar no melhor. nunca mais darei meu dinheiro as essas empresas enganosas que fabricam produtos descartaveis num país onde explora os cidadões com impostos altissimos que deixam o produto o olho da cara. comprei um mp3 na feira por 30 reais e esta funcionando muito bem.

  93. O mesmo aconteceu comigo. Comprei o produto nos EUA e exatos 13 meses depois, ou seja, já fora do período de garantia, o Ipod apresentou esse problema. Será que é possível acionar a Apple considerando o fato de ter comprado o produto nos EUA?
    PS.: Você prestou um serviço de grande valia ao publicar esse post.
    Abs

  94. Parece sacanagem, mas o negócio é usar o iPod ensacado numa camisinha. Pode…

  95. Aconteceu a mesma coisa comigo.. e na minha cidade (Natal -RN) nem assistência não tem. Quando liguei, me informaram que se fosse suor, não teria jeito. Que absurdo ! Eh descartavel? Tô sem saber o q fazer…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *