04 de maio de 2010

Silvia Zampar

Quando usar o ESTA, ESSA ou AQUELA?

Outro dia me peguei explicando isto para um grupo de alunos meus e me lembrei que eu já até pesquisei uma vez o assunto, pois uma professora teimou em me dizer que não se usa “esta” em um texto. Claro que era ignorância dela, mas aproveito pra trazer a discussão ao nosso tira dúvidas semanal.

A primeira coisa que temos que entender é que os termos têm a ver com a PROXIMIDADE em que os utilizamos, sendo que os termos são aplicados tanto na linguagem falada, como na escrita. Entenda mais:

NA LINGUAGEM FALADA:

Quando estamos conversando com alguém, ela serve para identificar uma coisa/objeto, de acordo com a distância de quem fala, vejam a ilustração abaixo (que traz a “Silvinha” que foi desenhada pelo meu ex-aluno Felipe Silva dos Santos):

Veja as frases:

  • Esta cadeira está quebrada (falo da cadeira que está aqui, a meu lado)
  • Você pode me passar essa cadeira? (falo da cadeira que está ao seu lado)
  • Aquela cadeira é mais confortável (aquela que está ali, não está nem perto de mim, nem de você)

NA LINGUAGEM ESCRITA:

Ela pode indicar distância, tanto no contexto do texto, como de tempo (período temporal), ou também serve para enumerar os elementos dentro da frase.

Vamos ver primeiramente o caso de distância temporal:

  • Este ano será o ano das mudanças (= este, que estamos vivendo, tempo presente)
  • Esse campeonato não foi o melhor para mim (= esse, acabei de viver, passado recente)
  • Tenho muita esperança de conseguir esse título (= esse, está próximo, futuro próximo)
  • Aquele ano foi péssimo para mim (= aquele, que vivi há algum tempo, passado remoto)

Agora vamos ver o caso de distância de uso das palavras, dentro do texto:

  • (= esta, acabei de citar a obra, está ao lado – ou quase ao lado – da nova indicação que faço dela na oração)

  • (= este, que você está vendo, não é um ao lado ou nenhum outro)

  • (= essa, está próximo, falei dela recentemente. Se eu continuasse a frase falando das obras, a frase poderia ser redigida assim: …mundialmente. Dentre estas obras podemos citar… estas = pois nesse caso eu teria acabado de citar as obras, ou seja, existe maior proximidade)

Temos então o caso de enumerar dois elementos citados dentro de uma frase. Veja:

  • Ana e Maria são grandes amigas minhas. Apesar que esta sempre foi uma amiga mais fiel e sincera que aquela. (esta = Maria, a que está mais próxima na oração / aquela = Ana, que está mais distante na frase).

Ok, parece muita coisa, mas basicamente vale a seguinte regra:

  • Este, esta = uso quando está próximo (de mim ou numa oração ou tempo);
  • Esse, essa = uso quando está mais distante, ou próximo à outra pessoa que converso; e
  • Aquele, aquela = uso para coisas bem mais distantes (de mim ou numa oração ou tempo).

107 "parpite"

1. @Rubaozito publicado em 04 de maio de 2010 às 11:53

Uau Silvia!

Ontem mesmo precisava saber aonde usar "esta ou essa" e sem mentiras, eu pensei "bem que poderia ter um post no tudibão falando sobre isso " rsrsrs…

Mto obrigado, me ajudou muito!

ótimo post!

2. tudibao publicado em 04 de maio de 2010 às 13:30

Ah, fala sério, isso já aconteceu com outros leitores. Estamos em sintonia fina – rs. Obrigadinha por comentar!
Aliás, se tiver sugestão para os próximos posts, é só falar que eu programo. Esse ai foi feito a partir de uma explicação que dei para algumas alunas e vi que seria útil trazer aqui para o TuDiBão.

3. Tweets that mention Quando usar o ESTA, ESSA ou AQUELA? -- Topsy.com publicado em 04 de maio de 2010 às 11:03

[...] This post was mentioned on Twitter by TuDiBão. TuDiBão said: E no nosso tira dúvidas de português: vc sabe qdo usar o ESTA, ESSA ou AQUELA? http://tudibao.com.br/?p=8959 Confere lá e diz se ficou fácil [...]

4. Silvia Zampar publicado em 04 de maio de 2010 às 11:49

Ah, e a brincadeira para quem é meu aluno na Chácara é: quem é a outra menininha comigo no desenho acima? – hahaha

5. Renata publicado em 04 de maio de 2010 às 15:32

Muito bem escrito, parabéns!!!! Lembro-me que, certa vez (e lá se vão anos hehe), perguntei ao meu saudoso professor de língua portuguesa quando usar essa ou esta e ele olhou firmemente em meus olhos – já era um senhor duns 75 anos ou mais – e disse enquanto batia com força em sua mesa: _ Esta mesa é minha, e apontando para minha mesa… _ Essa mesa é sua! E arregalou os olhos. Eu nunca mais tive essa dúvida. Se fixou que nem cola em meu cérebro e creio que na sala inteira. heheheheeeee….

Quero deixar uma sugestão: Ontem, li em uma revista de grande circulação e prestígio, as palavras "onde" e "aonde" escritas de forma incrivelmente erradas. Sugiro (se é que vc já não fez) um post sobre isso.

Beijos

6. tudibao publicado em 04 de maio de 2010 às 17:12

Obrigada pelo gentil comentário e a sugestão está anotada.
Só gostaria de saber qual a revista (ou, sendo mais prática ainda) se você pudesse me enviar a página scaneada, onde foi utilizado incorretamente, pra eu poder ilustrar essa postagem que com certeza farei.

7. tudibao publicado em 04 de maio de 2010 às 20:40

Parabéns, acertou quem é a "bonequinha" comigo nessa postagem – hehehe
Ganha uma revista! Levo pra vc na aula…
E obrigadinha por comentar e prestigiar sempre meus posts de português. Vc me motiva sempre!

8. Diego_Phellipe publicado em 04 de maio de 2010 às 20:15

Uauu! Adoro os posts sobre portugues sinceramente não sabia que existia diferença entre essa e esta, Muito Bom

Destaque para as caricaturas

A da Esquerda é a Silvia

E a da Direita é a Soraia

Mto Bom =D

9. J. Estela publicado em 05 de maio de 2010 às 20:27

Adoro estes posts de pegadinhas da língua portuguesa…
se todos forem ilustrados assim, logo logo dá pra montar um livro!

bjs

10. tudibao publicado em 06 de maio de 2010 às 11:43

hehehe – Quem sabe? Quem sabe…

11. Adriano publicado em 16 de setembro de 2010 às 16:54

Olá, é a primeira vez que vejo "este" site, apesar de já saber utilizar o uso do; este, esse…
foi muito importante rever novamente, para sempre estar lembrando, mas sempre surge uma dúvida. Grato!

12. Regina publicado em 16 de setembro de 2010 às 17:51

E se estivermos descrevendo um curso…tipo uma classe:

Essa classe oferece a oportunidade….
ou
Esta classe oferece a oportunidade…

13. Silvia Zampar publicado em 17 de setembro de 2010 às 9:31

Então, na verdade eu precisaria entender todo o contexto, pra entender a distância do que se está falando e identificar se seria ESSA ou ESTA. É mais ou menos assim, se você acabou de falar da classe, dizer algo ou referir-se a ela, você em seguida diz ESTA, porque você está se referindo a classe que acabou de falar. Se o que falou da classe foi no começo do texto e só retoma e descrição um ou dois parágrafos abaixo (ou mais), vira ESSA. Mas se todo o texto refere-se à classe, então é sempre ESTA, porque só isso que é tratado.
Será que deu pra entender, ou só confundi? – rs

14. jozinaldo publicado em 01 de outubro de 2010 às 15:17

Essa residência foi uma das selecionadas para participar de duas pesquisas na regiao metropolitamna de sao paulo, realizadas pela fundaçao seade e o dieese.

gostaria de saber se o emprego de essa está correto.

15. Silvia Zampar publicado em 01 de outubro de 2010 às 22:14

Depende… Isso é uma frase escrita dentro de um texto?
Em que momento você se referiu à tal casa (falou anteriormente dela), foi exatamente antes, vc já deu algum endereço? Se sim, você tem que escrever "ESTA" casa, pois está próxima a continuação da informação.

16. rafael publicado em 07 de outubro de 2010 às 0:57

Melhor explicação que já vi sobre o tema.
Muito Obrigado!

17. Silvia Zampar publicado em 07 de outubro de 2010 às 9:09

Opa, obrigadinha!
Confira tbm os outros posts de Tira Dúvidas de Português.

18. Lara Nil publicado em 20 de outubro de 2010 às 23:20

sem dúvida foi a melhor explicação que ja encontrei nas minhas pesquisas
parabéns

19. Silvia Zampar publicado em 21 de outubro de 2010 às 9:06

Opa, obrigadinha! – rs

20. Carla M. publicado em 04 de novembro de 2010 às 15:21

Muito bem explicado, parabéns! Obrigada mesmo, dúvidas sanadas!

21. Silvia Zampar publicado em 06 de novembro de 2010 às 11:01

Opa, que jóia!
Apareça sempre aqui no blog!

22. Daniele Costa publicado em 24 de novembro de 2010 às 12:31

Maravilhosa a explicação… Parabéns!!

23. Silvia Zampar publicado em 24 de novembro de 2010 às 17:04

Opa, que bom que gostou!

24. Júnior publicado em 16 de dezembro de 2010 às 19:19

Sensacional. Sempre tinha dúvida nesse/neste questionamento.

25. Silvia Zampar publicado em 16 de dezembro de 2010 às 21:59

Então, não erre mais quando for esTe o caso – rs

26. Edmundo publicado em 06 de janeiro de 2011 às 10:52

Amei o site, muito bem redigido.

27. Silvia Zampar publicado em 06 de janeiro de 2011 às 11:38

Opa, obrigadinha e seja bem-vindo, sempre!

28. Teresinha Ximenes publicado em 19 de janeiro de 2011 às 9:06

Ensinar, saber passar o que sabe a outras pessoas não é para qualquer um,
PARABÉNS………………
Teresinha Ximenes

29. Mara publicado em 19 de janeiro de 2011 às 17:34

Oi pessoal!

Muito bom mesmo.

Eu tenho muitas dificuldades com português, e este ano gostaria de estudar.
Gostaria de fazer um curso virtual, você poderia indicar algo?

Muito grata,

Mara

30. Silvia Zampar publicado em 23 de janeiro de 2011 às 23:37

Não conheço nenhum curso online pra lhe indicar. Lamento…

31. Silvia Zampar publicado em 23 de janeiro de 2011 às 23:37

Opa, obrigadinha pelo gentil comentário.

32. Hosana brito publicado em 18 de fevereiro de 2011 às 19:21

Ótimo. Muito boa a explicação. Adorei!!!

33. Silvia Zampar publicado em 21 de fevereiro de 2011 às 9:40

Opa, e eu agradeço por ter deixado seu comentário.

34. Patricia publicado em 23 de março de 2011 às 19:16

Seu blog é show, que bom existir pessoas que colocam sua criatividade e conhecimento para ajudar as demais! É realmente tudibão!háháhá

35. Silvia Zampar publicado em 24 de março de 2011 às 16:04

Opa, obrigadinha e volte sempre!

36. Aline publicado em 28 de março de 2011 às 21:28

estou em duvida da construção desta frase:

SEU EXAME POR UM PREÇO JUSTO, DIVULGUE ESTA IDEA !

37. Silvia Zampar publicado em 29 de março de 2011 às 20:11

Se você está falando para divulgar a ideia do "exame por um preço justo", então pode usar o ESTA, já que está muito próximo o uso da frase.
Vale ressaltar que é IDEIA (vc digitou sem o "I", mas acho que foi só um erro na hora de digitar).

38. Marcos publicado em 29 de março de 2011 às 20:20

Legal, muito bem explicado, de maneira leve, com uma ótima didática.

39. Silvia Zampar publicado em 30 de março de 2011 às 7:59

Opa, obrigada! Apareça sempre no blog…

40. ISRAEL R MASTER publicado em 27 de abril de 2011 às 16:15

Show de Bola Essa Explicação! rsrsrs :D

41. Silvia Zampar publicado em 28 de abril de 2011 às 22:12

Opa, que bom que gostou. Obrigada eu.

42. Carol publicado em 18 de maio de 2011 às 12:19

Gostei muito, esclareceu.

43. Silvia Zampar publicado em 20 de maio de 2011 às 13:15

Opa, continue conferindo outras postagens de tira-dúvidas de nossa língua portuguesa.

44. Graziela publicado em 03 de junho de 2011 às 19:03

Excelente explicação!! Então, para ver que aprendi, neste caso, a frase está correta? Hora do café mais Cordel Encantado – Adoro esta trama!

45. Silvia Zampar publicado em 08 de junho de 2011 às 12:38

Sim, o uso estaria correto.

46. MhagnumDw publicado em 12 de setembro de 2011 às 21:28

Boa noite, Silvia. Gostaria de tomar um pouco do seu tempo. Debati com um amigo sobre o uso das palavras 'aquelas' e 'estas' no texto abaixo. Então, 'aquelas' faz referência às associações e 'estas' faz referência às reuniões, correto? Grato!
"As associações pressupõem coligação de pessoas, mas se diferenciam das meras reuniões, tratadas em tópico precedente, porque aquelas têm caráter de permanência, de continuidade, ao passo que estas são sempre temporárias, ocasionais, eventuais. Ademais, as reuniões nunca são entidades personificadas, enquanto as associações têm possibilidade de adquirir personalidade jurídica."

47. Silvia Zampar publicado em 13 de setembro de 2011 às 11:29

Está correto, as palavras referem-se exatamente às que você cita em seu comentário. Só sugiro a você que passe seu texto para uma ou duas pessoas que fazem parte dos leitores deste texto (se é livro, veja o público alvo; se é um estudo, passe ao orientador e mais um colega, etc), pois também o que importa é verificar se o leitor compreenderá o texto que escrevemos.
Se não compreenderem, vale a pena fazer um texto menos formal, mas que seja entendido.

48. Percia Alves publicado em 23 de outubro de 2011 às 23:24

MUITO BOM!

49. Sheyla publicado em 24 de novembro de 2011 às 0:18

Parabéns pela explicação, ficou muito claro. Eu não gostava muito de portugues pois cresci fora do Brasil mas pelas explicações muito bem colocadas, estou com vontade de aprender mais. Aqui mesmo deve ter bastante erros mas vou mudar rs. Obrigada Silvia, continue nos incentivando e nos ajudando ^.^

50. Silvia Zampar publicado em 24 de novembro de 2011 às 18:38

Clicando aqui vc poderá conferir a listagem de todas as postagens de Dicas de Português publicadas no blog até o momento http://tudibao.com.br/assunto/dicas/portugues
E eu quem agradeço as palavras tão gentis.

51. anderson publicado em 24 de novembro de 2011 às 21:29

muito bom este texto

52. Silvia Zampar publicado em 24 de novembro de 2011 às 21:37

Muito bom receber seu comentário!

53. Mylene publicado em 28 de novembro de 2011 às 16:40

Acabei de ter uma dúvida e achei sua explicação. Muito boa. Só que fiquei com outra dúvida… lá em cima você diz "existe explicações diferentes"… não seria "existem…"????

54. Silvia Zampar publicado em 28 de novembro de 2011 às 22:04

Você está corretíssima e lhe agradeço muito por sua observação.
Aproveitei e revisei tanto esse parágrafo, como alguma outra coisinha no post, pois como é antigo, sempre dá para melhorar alguma coisinha.
Mais uma vez, obrigada.

55. Rosangela Ribeiro publicado em 04 de janeiro de 2012 às 10:19

Muito obrigada. Sua explicação é claríssima!!!

Abraços.

56. Silvia Zampar publicado em 04 de janeiro de 2012 às 11:55

Que bom que pude ajudar. Obrigada pelo seu gentil comentário.

57. Cristiano publicado em 06 de fevereiro de 2012 às 11:21

Bom texto, parabéns! Mas tem referência?

58. Silvia Zampar publicado em 06 de fevereiro de 2012 às 12:20

Quando vou colocar um post aqui no blog eu pesquiso (ou confirmo) a informação em muitos outros sites (sempre de autores ou que sejam sérios).
Não incluo a referência quando todo o texto foi formulado por mim, incluindo exemplos e ilustrações, como foi o caso desse post, já que não seria nem o caso de referência indireta, foi só consulta e consulta não é fonte a ser citada.

59. Lílian publicado em 08 de fevereiro de 2012 às 15:15

Sucesso Sempre!

60. Silvia Zampar publicado em 08 de fevereiro de 2012 às 15:36

Opa, valeu!

61. sergio paulo publicado em 15 de fevereiro de 2012 às 19:26

Cara professora Sílvia, hoje mesmo precisei de auxiliar um amigo que estava com dúvidas nesse assunto e devido suas explicações foi mamão com açúcar! muitissimo obrigado…

62. Silvia Zampar publicado em 15 de fevereiro de 2012 às 19:47

Opa, eu quem agradeço por nos deixar seu comentário.

63. Devanir publicado em 24 de fevereiro de 2012 às 0:14

Sei lá. Não tenho certeza que a autora tenha usado os pronomes corretamente na introdução.

"Outro dia me peguei explicando isso para um grupo de alunos meus e me lembrei que eu já até pesquisei uma vez esse assunto, pois uma professora teimou em me dizer que não se usa “esta” em um texto. Claro que era ignorância dela, mas aproveito pra trazer esse assunto ao nosso tira dúvidas semanal."

Eu talvez escrevesse:

"Outro dia me peguei explicando ISTO para um grupo de alunos meus e me lembrei que eu já até pesquisei uma vez ESTE assunto, pois uma professora teimou em me dizer que não se usa “esta” em um texto. Claro que era ignorância dela, mas aproveito pra trazer ESTE assunto ao nosso tira dúvidas semanal."

64. Silvia Zampar publicado em 27 de fevereiro de 2012 às 13:57

Fiquei muito feliz em receber o seu comentário, pois demonstrou, mais que tudo, sua preocupação em ver a minha explicação e aplicá-la corretamente.
Ao escrever a postagem, é fato que o fiz sem observar minha própria explicação (confiança demais, provavelmente – rs) e revi o parágrafo. De outra forma, até porque eu repetia alguns termos.
Mas seu comentário foi muito válido.

65. Marcelo Motta publicado em 02 de março de 2012 às 10:37

Parabéns! Sua explicação está ótima, ela foi muito eficiente para melhorar minha compreensão entre essas (ou seriam "estas" rss..) duas diferenças.
Abraços.
=)

66. Silvia Zampar publicado em 02 de março de 2012 às 11:14

Aqui cabe o "essas", com certeza!
Obrigada – rs

67. Diego Ziquinatti publicado em 18 de abril de 2012 às 10:22

Olá Silvia, eu tenho uma dúvida sobre o assunto, a qual transcrevo abaixo:

Eu estou no 2o andar, mas o lanche é vendido no 4o andar. Esse é o melhor andar de todos.
Eu estou no 2o andar, mas o lanche é vendido no 4o andar. Este é o melhor andar de todos.

Nos dois textos trazidos acima, tanto "Esse" quanto "Este" não estão se referindo ao 4o andar? Se sim, como eu poderia me referir ao 2o andar? Teria como, ou me restaria repetir o andar?

Obrigado!

Abraços,
Diego Ziquinatti

68. Silvia Zampar publicado em 18 de abril de 2012 às 15:46

O problema em sua frase é que a "proximidade" (na qual escolhemos qual palavra usar) se dá pela distância na frase e não pela distância física (você está no 2o andar, mas o leitor não, só está lendo) = dai a grande confusão na leitura que irá surgir.
Sugiro reformular a frase:
- Eu estou no 2o andar, mas o lanche é vendido no 4o andar. Mas este, em que estou, é o melhor andar de todos. (ou, simplificando)
- Estou no 2o andar e o lanche é vendido no 4o. O que estou é o melhor andar de todos.
É melhor modificar e se fazer entendido, afinal, o sentido da língua é comunicar.

69. Silvia Zampar publicado em 18 de abril de 2012 às 15:57

Ah, importante: respondi imaginando que a tal frase seria utilizada de forma escrita, na qual se respeita a posição (distância) dentro da frase.
Entretanto se você cita essa frase, sendo dita numa conversa (verbal), ai sim podemos considerar a distância em relação ao interlocutor (no caso, você) e a segunda frase sua estaria totalmente correta, indicando o 2o. andar como o melhor:
- Eu estou no 2o andar, mas o lanche é vendido no 4o andar. Este é o melhor andar de todos (poderia complementar ", não aquele")
Deu para entender ou compliquei tudo? – rs

70. José Vieira publicado em 23 de maio de 2012 às 20:53

Minha esposa acabou de me perguntar (pelo interfone). Pesquisei no São Google, encontrei no TuDiBão e ainda passei por sabido. kkkk!

71. Silvia Zampar publicado em 23 de maio de 2012 às 21:55

Opa, e fico muito feliz de deixá-lo mais sabidão – rs

72. Alexandre publicado em 27 de maio de 2012 às 9:34

Ótima didatica,,,

73. kelly Delmondes publicado em 28 de maio de 2012 às 8:23

As mesmas regras podem ser aplicadas no uso de "nesta e nessa"?

74. Silvia Zampar publicado em 28 de maio de 2012 às 8:34

Sim, as mesmas regras são aplicadas nestes casos.

75. Andre Couto publicado em 29 de maio de 2012 às 18:43

Depende do contexto…esta residência que estamos a ver e a falar…ou essa residência que você falou…(não tem nada a haver consigo)
Ex:
Esta semana vamos ao supermercado…
Essa mala que tens na mão é bonita(é de outra pessoa nao sua…)

76. Silvia Zampar publicado em 29 de maio de 2012 às 21:51

Seus exemplos colaboram com minha explicação:
- Esta residência (que estamos vendo, ou seja, você está olhando, ou perto);
- Essa residência que falou (verbo no passado, indicando que comentou-se algo longe);
- Esta semana (a que estamos, se fosse) Essa semana (alguma citada, passada, não tão perto; se fosse) Aquela semana (mais distante ainda); e
- Essa mala na tua mão (perto de você, não de mim; se fosse) Esta mala (seria a perto de mim).

77. lourdes publicado em 08 de junho de 2012 às 11:25

É essencial sabermos e nos complicamos com isso muitas vezes. Muito boa a explicação.

78. Silvia Zampar publicado em 08 de junho de 2012 às 11:48

Opa, obrigadinha por deixar seu comentário.

79. adrianorbs publicado em 11 de junho de 2012 às 10:21

Fácil de entender, excelente !!!

80. valterio Pacheco publicado em 30 de junho de 2012 às 8:08

Esta camisa que estou vestido é minha. Acho que está correto porque a camisa está perto de mim que estou falando.

81. Silvia Zampar publicado em 02 de julho de 2012 às 15:51

Está certíssimo. Já eu diria, "essa camisa que você veste não é tão bonita como esta que eu visto"

82. IRENE publicado em 19 de julho de 2012 às 0:32

De grande valia essas explicações. Obrigada

83. necessairedemulher publicado em 24 de agosto de 2012 às 10:33

Sílvia, muito esclarecedor… mas eu ainda sinto uma dificuldade enorme com essa/esta/isto/isso… (risos). De novo fiquei em dúvida para um texto no meu blog e caí aqui no seu pelo Google. Esclareci minha dúvida, mas certeza que no próximo eu já não me lembrarei mais… Essa língua portuguesa nos prega cada peça… Obrigada. :)

84. Silvia Zampar publicado em 25 de agosto de 2012 às 15:26

Opa, que bom que pude ajudar!

85. simone publicado em 10 de setembro de 2012 às 22:06

Qual o certo na música Se ESSA rua fosse minha ou se ESTA rua fosse minha?

86. Silvia Zampar publicado em 13 de setembro de 2012 às 18:50

Na verdade o "original" da música pode já ter sido perdido com o tempo, de tão antiga a cantiga, e o que valeria como "certo" seria o que o autor escreveu, pois só ele poderia determinar para nós (através de sua letra) a distância a que ele estava da rua.
Note, as duas colocações estariam certas, se você canta "na tal rua", é correto dizer ESTA, entretanto se fala da rua que passou, viu, está perto, o correto seria então ESSA.

87. Roze publicado em 21 de setembro de 2012 às 10:17

Achei a explicação esclarecedora. Obrigada e parabéns!

88. Maria publicado em 09 de janeiro de 2013 às 2:06

Se eu falar : Esta pessoa esta precisando de dinheiro .
é certo ?

89. Silvia Zampar publicado em 13 de janeiro de 2013 às 13:37

Depende, se você está do lado da pessoa, ou acabou de citar o nome dela na frase imediatamente anterior, então o ESTA foi usado corretamente.
Em outros casos, diferente desses, está errado.

90. Wagner publicado em 26 de fevereiro de 2013 às 22:18

E se eu estiver me referindo a uma foto que está na internet. Seria "essa" foto ou "esta" foto? Ela está longe ou perto? Ela poderá estar hospedada em um servidor muito longe, em outro país, quem sabe… Mas aparece no monitor do meu computador, que por sua vez está próximo… E agora?

91. Silvia Zampar publicado em 27 de fevereiro de 2013 às 9:53

Nesse caso não considere o perto ou longe em relação ao espaço onde ela está armazenada, mas sim na distância de sua conversa.
Por exemplo, você está conversando com um amigo, cada um em seu computador, você pode dizer a ele: "Esta foto (mostrando o seu monitor) me parece mais adequada para o trabalho, do que essa que você me mostra (e que está no monitor dele) e muito melhor do que aquela que o cliente nos mostrou" (a última, distante em pensamento e que lhes foi mostrada longe do local que estão).
Deu pra entender?

92. Edson Felicidade Dos Santos publicado em 16 de junho de 2013 às 17:18

Parabéns adorei a explicação,não souseu aluno nem a conheço mais muito obrigado.

93. Ilda O Bassili publicado em 12 de outubro de 2013 às 17:53

Postei uma foto antiga no face e quis fazer um comentário dela. Fiquei na dúvida se usava o pronome Essa ou Esta, referindo a foto que postei

94. Silvia Zampar publicado em 14 de outubro de 2013 às 19:57

Se você estava postando "junto à foto", ou logo em seguida, o ESTA estaria sendo bem usado. Se o comentário foi incluído após outros comentários, então o ESSA caberia melhor.

95. Nigéria publicado em 01 de novembro de 2013 às 1:00

EXPLICAÇÃO DE ÂMBITO ÍMPAR – PARABÉNS

96. kartfamilia publicado em 13 de novembro de 2013 às 0:48

CARAI, QUE LIGUA MALDITA? CHEIA DE REGRAS. É POR ISSO QUE EXISTE TANTO ANALFA-BETO!

97. Rubislânia publicado em 22 de novembro de 2013 às 8:37

Adoreiiiiiiiiiiiii, vc está de parabéns!!!Sua explicação foi muito útil valeuuuuuuuuu bjssssssss

98. rafael publicado em 28 de novembro de 2013 às 11:15

Muito bem explicado!!

99. JOÃO LUIZ DE SOUSA publicado em 17 de janeiro de 2014 às 8:57

estou querendo vender uma casa, não tinha noção como fazer o anuncio se VENDO ESSA CASA OU SE VENDO ESTA CASA OBRIGADA PELA FORÇA

100. Ligi publicado em 04 de fevereiro de 2014 às 14:32

Muito legal! obrigada

101. Paulo Cabral publicado em 03 de julho de 2014 às 10:24

Sílvia, parabéns gostei do seu blog.
Vi que você é mestre em comunicação midiatica, daí queria pedir uma dica.
Minha filha está terminando o curso de mídia digital na PUC/RJ e eu queria que ela fizesse um mestrado ou uma pós-graduação boa, aqui ou no exterior, será que você poderia me ajudar?
Desde logo te agradeço.
Abraço.
Paulo

102. Silvia Zampar publicado em 10 de julho de 2014 às 11:55

Tudo depende do que ela quer seguir na carreira, o que ela gosta e/ou no que quer se especializar = a pós é para isso, adquirir mais conhecimentos de uma área, complementar a graduação. Sempre recomendo para não fazer uma pós igual ao curso que se formou, mas algo que agregue valor ao currículo.

103. Joaquim publicado em 14 de julho de 2014 às 16:15

Boa tarde estou criando 2 artes para um anuncio de construção de uma Igreja que tem as seguintes frases:

EU APOIO ESSA OBRA ( e tem uma logo da igreja abaixo da frase)
EU FAÇO PARTE DESTA HISTÓRIA ( e tem uma logo da igreja abaixo da frase)

Está correto?

104. Silvia Zampar publicado em 16 de julho de 2014 às 13:41

Estão corretas as frases.

105. Jocimara Passos publicado em 02 de agosto de 2014 às 17:16

Amei me ajudou muito a relembrar esse assunto…

106. Mary publicado em 05 de setembro de 2014 às 7:42

Ola se eu postar na internet um video de uma música escrevo, adoro essa musica?

107. Silvia Zampar publicado em 05 de setembro de 2014 às 21:29

Na verdade ai é quase indiferente. Se o texto está do ladinho do link onde está a música, pode ser ESTA.

Parpite você também