20 de abril de 2010

Silvia Zampar

Quando usar EU e MIM

Acho que todo mundo deve se lembrar de já ter sido corrigido alguma vez em sua vida a respeito do uso do EU e do MIM, na verdade geralmente quando se usa, erroneamente, o MIM.

Quando a gente aprende e entende, não consegue mais ouvir e achar normal ouvir um MIM no meio da frase (é horrível). Ouço isso de diretores de empresas, de atendentes, de alunos, de leitores, ou seja, é um erro eclético, que não escolhe classe social, idade, sexo – rs.

Pra saber se você usa corretamente o EU, ao invés de MIM, basta ver se você tem ciência de “quando” se deve usar o EU (ao invés de MIM) e se percebe, a todo momento, alguém falando errado. Se você não tem certeza (e se não costuma perceber que os outros usaram de forma errada) provavelmente você também “escorrega” no uso.

Vamos às explicações…

Vamos ver se vocês conseguem “pegar o fio da meada”, pois quem entende não erra mais: sempre que for utilizar antes de um verbo, determinando uma ação (fazemos isso usando o verbo no infinitivo – a forma original do verbo, terminada em AR, ER, IR e OR), usa-se o EU.

É ai que entrava a professora e falava: “Quem faz sou EU, porque quem diz MIM faz é índio”. Testemos como fica horrível usar o MIM, substituindo nos exemplos acima:

Então, não use MIM para conjugar verbos. É só se acostumar que não se erra mais.

Incluído depois:

1.DICA: Como disse os leitores Bárbara e Helison nos comentários abaixo, MIM não conjuga verbo. Notem como aprendemos a conjugar verbos: EU, TU (que é o VOCÊ), ELE, NÓS, VÓS e ELES. Viram? Não tem nenhum MIM, pois o MIM é passivo, MIM é um “cara” preguiçoso, ele não faz nada, só recebe (veja que o verbo vem sempre ANTES de MIM):

  • veio a MIM.
  • faça pra MIM.
  • traga pra MIM.

Quem faz sou EU (ou seja, se o verbo vem depois, determinando uma ação, é sempre EU):

  • … pra EU fazer…
  • … pra EU entregar…

Portanto, risque o MIM de suas frases que sejam seguidas por um verbo no infinitivo.

 

2. Entre EU e ELE – ou – MIM e ELE? Quando tiver que usar numa frase assim:

  • Isso já está mais do que discutido entre ?? e ELE.

Utilize MIM, pois o EU é utilizado junto com um verbo, que vem na sequência, o que não ocorre aquiAlém disso, o uso de preposição antes (no caso o “ENTRE” – ver mais no item 3) exige o uso do MIM.

  • Então sua frase ficará: Isso já está mais do que discutido entre MIM e ELE.

 

3. NO FINAL DE FRASE = DEPOIS DE PREPOSIÇÃO - o EU é sempre sujeito, então nunca use EU depois de preposição (PARA, DE, POR, A). Isso geralmente acontece no final das frases, mas pode também ocorrer em outras partes:

  • Isso já foi entregue para MIM.
  • Para MIM isso é fato consumado.
  • Não deixarei tirarem isso de MIM.
  • Por MIM seriam todos condenados.
  • Vinde a MIM todas as criancinhas…

Perceba que em todos os exemplos o MIM não é o sujeito executor da ação (não vem antes do verbo, “fazendo” algo, onde se exige o EU). Em alguns casos até podemos ver o verbo aparecer logo depois, mas basta invertermos a frase para notarmos que o MIM não está executando a ação determinada no verbo:

  • Para MIM, resolver estes problemas é coisa simples.
  • Resolver estes problemas é coisa simples para MIM.
  • = aqui ainda podemos aplicar a regra de que não se usa EU depois de preposições (no caso o PARA).

Entretanto não se “iluda” com a preposição antes. Quando existe uma ação (verbo depois), usa-se, como explicado no começo desse post, o EU:

  • Me dê o microfone para EU CANTAR.
  • = está “fazendo” alguma coisa = CANTANDO = EU. Só usaria o MIM, no caso de não existir a ação:
  • Dê o microfone para MIM, vou cantar.

.

4. Antes de NÃO – usar MIM ou ELE? Quando tiver que usar numa frase com a negativa entre o sujeito e o verbo, usa-se o EU, pois continua existindo uma ação (na verdade, só se diz que a ação NÃO irá ocorrer, mas se está conjugando o verbo).

Ou seja, você deve escrever:

  • Para EU não errar.
  • (NUNCA: Para MIM errar.)

E ai, deu para entender? Você acha que agora não erra mais ou esse não é um problema para você?

178 "parpite"

1. @reetonin publicado em 20 de abril de 2010 às 10:52

(530) é muito comum o erro quando se fala nisso… pior ainda é a persistencia no erro! HAHAHA

2. Bárbara publicado em 20 de abril de 2010 às 15:05

Sempre me irrito com isso.
É falta de educação corrigir as pessoas e tudo mais, mas me coça muito isso.
Sempre coloco a nota mental "MIM NÃO CONJUGA VERBO, *%$@$" =)

3. @rootsrafael publicado em 20 de abril de 2010 às 17:04

bom livro esse ai

4. tudibao publicado em 20 de abril de 2010 às 17:34

(530) Mas, confesso, ouvir um homem de negócios, importante, um cliente em potencial falar "pra mim fazer" dói no ouvido e eu quase me levanto e me despeço na hora…

5. tudibao publicado em 20 de abril de 2010 às 18:12

(539) É complicado, eu tbm me sinto totalmente tolhida, ao não poder corrigir um cliente. Agora alunos, amigos e colegas… ah, esses eu corrijo (sempre costumo dizer, as pessoas podem não gostar, podem me achar chata por isso, mas… e dai? Não to concorrendo a miss simpatia mesmo – rs)

6. tudibao publicado em 20 de abril de 2010 às 18:46

(542) Puxa, não dava pra ter elogiado minha postagem? Só o livro do Paquale? – snif…

7. tudibao publicado em 20 de abril de 2010 às 18:46

(544) Ai que chique vc utilizando certinho – hehehe

8. @Uilsoul publicado em 20 de abril de 2010 às 16:04

(545) Excelente postagem!

Durante um bom tempo eu tive esta dúvida. Mas um amigo (cansado de me ouvir falar errado) me deu uma aula (não tão brilhante como esta, mas eficiente! rsrs) e nunca mais errei.
Hoje em dia, fico observando pessoas “cultas” cometendo este erro.

Parabéns!

9. tudibao publicado em 20 de abril de 2010 às 19:11

(545) E depois que a gente aprende, não parece um absurdo outra pessoa errar? Pq fica parecendo tão fácil compreender o correto…
Eu já peguei no pé de muitas ex-funcionárias da agência, e hoje algumas me agradecem, como minha amiga Angélica.

10. Helison publicado em 22 de abril de 2010 às 16:28

(579) Olha eu aprendi na escola uma regrinha bem simples para essa questão.
EU é um sujeito ativo na frase – Eu vou, Eu Faço, Eu como.
MIM é um sujeito passivo, um cara preguiçoso, ele não faz nada só recebe – Veio a MIM, Faça para MIM, já dizia a bíblia “Vinde a MIM as criancinhas,…”

Essa regra é super simples e não tem como Eu nem ninguém errar ao dizer algo a MIM.

11. tudibao publicado em 22 de abril de 2010 às 19:30

(579) Ai, que legal, vou fazer uns ajustezinhos nesse post, colocando tbm dessa forma. Valeu!

12. Diego_Phellipe publicado em 22 de abril de 2010 às 20:41

Sempre que ouço um " pra mim fazer" lembro da Tia Bethinha ( Professora de Tecnicas de Redação na Facul de Analise de Sistemas) dizendo, "Eu faz, mim não cara pálida"

13. tudibao publicado em 27 de abril de 2010 às 18:22

(692) Ah é, vc já sabia, não aprendeu com a insistência da amiga Sil – hahaha

14. Vinii publicado em 25 de agosto de 2010 às 11:08

- Na Boa ta OTIMA essa explicação … quem lê e não entender é Burrinho de mais neeh…
auhauhauh… Deu pra entender perfeitamente! … Brigadão !

15. Silvia Zampar publicado em 25 de agosto de 2010 às 14:26

Opa, que bom que vc gostou.
Dê uma olhadinha nos demais posts de português, que tem várias coisinhas "simplinhas" e necessárias se aprender.

16. Rosana Lopes publicado em 22 de setembro de 2010 às 21:03

Olá !! Gostaria de saber, quando a gente diz:
Pra mim, não é difícil entender a matéria. Pois, já tinha visto isso na outra escola.
Pra mim, é fácil explicar como aconteceu. E aí está certo ou errado??
Desde já agradeço sua atenção.

17. Silvia Zampar publicado em 23 de setembro de 2010 às 14:48

Estão corretas as frases que você apresentou.
Você só usa o "EU" pra conjugar qualquer verbo: pra eu fazer, eu comer, etc.

18. daniela publicado em 17 de novembro de 2010 às 13:40

gostei,e justamente isso que procurava para responder minha atividade da facudade

19. Arley Rodrigues publicado em 22 de novembro de 2010 às 15:16

Parabéns Sílvia pela excelente postagem! Falou breve e diretamente, de uma forma muito bem clara e acessível…

20. Zuleide publicado em 10 de dezembro de 2010 às 12:55

Adorei a postagem Silvia. Essa história de usar mim e eu me deixava muito cunfusa, de agora em diante irei lembrar do índio e acredito que nunca mais irei errar. Obrigada!

21. Silvia Zampar publicado em 10 de dezembro de 2010 às 13:22

Opa, espero mesmo ter ajudado. É só pensar: tem VERBO, é uma AÇÃO (está "fazendo" algo)? Sim? Então use EU!

22. Gaby publicado em 02 de março de 2011 às 22:50

Não é tão difífil assim aprender isso. Mais tem gente que n´s corrigimos todos os dias mais parece que não entra na cabeça.

23. Silvia Zampar publicado em 04 de março de 2011 às 10:12

Concordo, quando a gente entende, teoricamente não dá mais pra usar errado.

24. Lucas publicado em 17 de março de 2011 às 9:08

Isso foi ótima para mim entender pois sempre tive problemas com isso

25. Silvia Zampar publicado em 17 de março de 2011 às 10:12

Se isso foi uma brincadeirinha, não tem graça. Leia de novo e aprenda!

26. tulio publicado em 30 de maio de 2011 às 15:22

Sou aluno do CELC – Promove de Mantena gostei mt da sua explicação, pois com ela eu não vou errar mais!

27. Silvia Zampar publicado em 31 de maio de 2011 às 17:46

Opa, e eu fico muito feliz com esse seu comentário e sua visita.

28. sarah publicado em 27 de setembro de 2011 às 15:40

quando usar o emprego do eu e do mim????????????

29. Silvia Zampar publicado em 27 de setembro de 2011 às 22:09

Reli todo o texto e não encontrei tal erro, citado em seu comentário.
Se quer contribuir, deixe seu email.

30. Balmir publicado em 12 de outubro de 2011 às 2:15

Acho que o seu comentario ajudou até a ficar mais facil a interpretação da explicação.

31. Silvia Zampar publicado em 12 de outubro de 2011 às 9:39

Opa, se ajudou é o que importa.

32. Edileusa publicado em 15 de outubro de 2011 às 12:57

Maldito vício de linguagem… já nem me lembrava mais disso.

33. Elisa publicado em 15 de outubro de 2011 às 17:38

Gaby, mas é assim mesmo, do mesmo jeito que você errou na sua frase, trocando o Mas pelo Mais.

da mesma forma que devo ter errado na minha agora mesmo.

34. Silvia Zampar publicado em 16 de outubro de 2011 às 21:54

hehehe – Mas agora "se policie" – rs
Obrigada por passar por aqui.

35. Elisa publicado em 18 de outubro de 2011 às 9:50

olha eu aprendi mais ou menos, apesar da explicação ser boa, fiquei em dúvida.

ex: na frase: Vocês pode fazer uma pequena crônica pra mim?
está correta? já que vem depois de um verbo seria preciso usar Eu, mas não fica legal.

36. Elisa publicado em 18 de outubro de 2011 às 10:56

Também gostaria de fazer outra pergunta..

Eu marquei este site como favorito, mas sempre que quero esclarecer alguma dúvida não sei onde estão os assuntos, tem sim uns cinco que ficam bem no centro da págima, mas não são esses sei que deve existir um espaço só para os assuntos que vc explica mas não sei onde estão. então entro no google e digito o assunto que eu quero e mais a palavra tudibão, isso tudo depois de marcar como favorito, ou seja como eu não sei onde ficam os assuntos tenho que procurar no google junto ao seu site.

pode me ajudar? espero que tenha entendido.

37. Silvia Zampar publicado em 18 de outubro de 2011 às 12:47

Na última coluna da direita existe um "Postagens por Assunto" (embaixo da "Postagens por Autor"), mas você me deu a ideia e estou invertendo agora, deixando primeiro o "Postagens por Assunto".
Se o que lhe interessa são somente meus posts de dúvidas de português, você pode encontrá-los em "Dicas / Português".
Não entendio o que você quis dizer com "tem sim uns cinco que ficam bem no centro da págima, mas não são esses", se quis dizer que quando faz a busca aparecem algumas umas cinco opções de postagens, mesmo assim não é o que você quer, bem, atualmente nosso sistema de busca é um pouco limitado e quando você coloca lá uma palavra ou várias, ele procura todos os posts que contém uma ou mais daquelas palavras. Realmente fica difícil.
Vamos fazer um novo layout do blog e, com ele, virá também um novo sistema de busca, onde você possa procurar uma palavra dentro de uma categoria (assunto) específico, diminuindo as alternativas que surgirão.
Vale salientar que como o blog e direcionado a publicitários e designers, eu só faço posts de Dicas de Português dos erros mais comuns que encontro nesses profissionais, já que eu mesma não sou uma especialista em linguística.

38. Silvia Zampar publicado em 18 de outubro de 2011 às 12:58

Na explicação acima contém exatamente o que você pergunta, mas talvez tenha ficado um pouco longa e você não achou.
Note, o EU é usado ANTES de um verbo: pra EU fazer, EU montar… O EU está envolvido em uma AÇÃO, implica em FAZER ALGUMA COISA (verbo depois).
No final de uma frase é sempre mim.

39. Elisa publicado em 18 de outubro de 2011 às 15:36

Aii, você é demais, obrigada por responder e tão rápido assim, é bom saber que falamos com um ser do outro lado e não só com uma máquina, diferenciando dos demais que você pode ter quantas dúvidas quiser e ninguém responde.
obrigada pela atenção.
.
Eu nem gosto de responder para pessoas feito você que sabe demais, e fico imaginando quantos erros já não observou nestas poucas linhas. mas um dia chego lá.
Obrigada!

40. Silvia Zampar publicado em 18 de outubro de 2011 às 16:19

Querida, em primeiro lugar acho que é uma questão de respeito responder aos leitores. Quem não quer responder não deveria nem ter espaço de comentário.
No mais, não sei tanto quanto você imagina, mas o que sei procuro dividir, pois ninguém leva consigo nada dessa vida.
Você é sempre bem-vinda nesse blog.

41. Irlanda publicado em 23 de outubro de 2011 às 1:03

Estou numa discursão,por favor alguém tire nossa duvidas nessa frase.
"PARA MIM,Q VOLTEI ESTUDAR AGORA,VAI FICAR COMPLICADO"
Me digam,estar certo ou errado essa pronuncia?

42. Silvia Zampar publicado em 24 de outubro de 2011 às 15:52

Vejo um uso de verbos desnecessário no VAI FICAR = no português temos o FICARÁ (para o mesmo uso).
Neste caso seria o "mim", como utilizado.

43. Getúlio publicado em 08 de novembro de 2011 às 18:29

Essa explicação da autora Sílvia está equivocada. Exemplo:
"É sempre difícil para mim dizer não ao meu filho."

44. Silvia Zampar publicado em 08 de novembro de 2011 às 22:36

Estranhei o fato de você postar sem identificar sobrenome, nem email para receber essa resposta.
De toda a forma você quem está equivocado, já que a frase acima não é grafada dessa forma, apesar de "parecer" o correto. A frase correta seria:
"É sempre difícil para EU dizer não ao meu filho".
Fiz a pesquisa e confirmei no Fórum "Só Ensino" http://www.soensino.com.br/foruns/viewtopic.php?f

45. leonardo publicado em 09 de novembro de 2011 às 12:51

A frase “É fácil para mim passar lá.”, está correta?

46. Silvia Zampar publicado em 09 de novembro de 2011 às 16:10

Como está no texto da postagem: MIM não conjuga verbo.
- Se a frase fosse só "É fácil pra mim." = terminando a frase, estaria correta;
- Se fosse: "Para mim, é fácil passar lá" = também estaria correta, já que o MIM não estaria conjugando verbo algum.

47. nadine publicado em 13 de novembro de 2011 às 17:08

"Essa dica foi boa para mim aprender "
DHASUDHSAUDHASUHASU
brincadeira, "para EU aprender" !

valeu ! õ/

48. Silvia Zampar publicado em 15 de novembro de 2011 às 10:51

Ufa, ainda bem que era só bom humor seu – rs

49. Guilherminho publicado em 25 de novembro de 2011 às 6:39

Salvo a patria essa materia e dificil pra xxxxx !!

50. Guilherminho publicado em 25 de novembro de 2011 às 7:40

passar termina com ar entao é EU

51. Silvia Zampar publicado em 25 de novembro de 2011 às 10:01

Sim, pois é um VERBO = Quando EU passar de ano… É para EU passar a roupa…

52. maria das graças publicado em 25 de novembro de 2011 às 13:14

pra eu te levar o remedio ou pra mim te levar o remedio qual é o certo

53. Silvia Zampar publicado em 25 de novembro de 2011 às 14:37

Como deixo claro na postagem: quem "faz" as ações é sempre EU, MIM é preguiçoso. Ou seja, sempre que for uma ação (tem um verbo) é EU.
O "TE", no meio da frase, só confunde, mas veja que a frase é a mesma com ou sem ele: Para EU levar o remédio.

54. Debora Duarte publicado em 26 de novembro de 2011 às 0:47

Nossa ,eu adorei a explicação me ajudou muitíssimo .

Muito obrigado

55. Silvia Zampar publicado em 26 de novembro de 2011 às 9:31

Consulte também os demais posts de tira dúvidas de português. Obrigada

56. juliana Costa publicado em 27 de novembro de 2011 às 16:00

Gostei muito da explicação. Tirou todas as minhas dúvidas. Agora sei que mim não faz, não bebe, come, etc…

57. Silvia Zampar publicado em 27 de novembro de 2011 às 18:23

É isso ai… É só entender e praticar.

58. Kramuhuá Pataxó publicado em 11 de dezembro de 2011 às 14:47

Texto muito bom e explicativo, no entanto, dizer que quem fala mim parece um índio falando demonstra um profundo e total desconhecimento da cultura indígena provando que há uma aceitação do estereótipo do indígena mostrado na televisão e nos famigerados livros didáditos no nosso país. Sou indígena, universitário e sei falar corretamente o português bem como vários indígenas que conheço.
Apesar de o português nos ter sido uma língua imposta, tivemos capacidade de aprendê-la.
Quando ouço alguém falar: " Para mim comer". Não parece um índio falando, pelo menos não o índio real, desfolclorizado que estuda, valoriza sua cultura e que sabe além de sua língua mãe, o português.
Abaixo o estereótipo e o preconceito.
AWÊRE Obrigado

Kramuhuá Pataxó

59. Silvia Zampar publicado em 11 de dezembro de 2011 às 21:46

Como eu disse no texto, é o que sempre ouvi da boca das professoras, para distanciar-nos do MIM antes de verbos. É o que vimos em filmes (alguns traduzindo índios americanos, reportagens (não nos são mostrados muitos índios cultos, como você se apresenta).
Estereótipo? Pode ser… Ignorância? Talvez… Realmente nunca convivi com índios.
Agora preconceito? Isto e a forma que você termina (com o “Abaixo”): isso sim é esteriotipar: totalmente “clichê” e sem sentido.

60. lindeci publicado em 29 de dezembro de 2011 às 23:42

a frase (Ele entregou um texto para mim corrigir) está certo? ainda me confundo
obrigada

61. Silvia Zampar publicado em 30 de dezembro de 2011 às 17:32

Como deixo claro no texto: NÃO SE USA MIM ANTES DE VERBO (ou: MIM NÃO SABE CONJUGAR VERBO).
Decore uma dessas frases e você não erra mais.

62. Joviane publicado em 07 de janeiro de 2012 às 11:26

Alguém pode me explicar por que na seguinte frase usa-se mim e não eu, já que o pronome "eu" vem antes do verbo:

Para mim, resolver estes problemas é coisa simples.

63. Silvia Zampar publicado em 07 de janeiro de 2012 às 12:16

Achei tão pertinente sua pergunta, que inclui esclarecimento adicional no final do post.
Na sua frase, especificamente, há uma inversão dos períodos, veja que a frase tem a mesma lógica assim: "Resolver estes problemas é coisa simples para mim" = o que nos comprova que aqui o MIM não é o sujeito executor da ação (antes do verbo). Além do mais, não se usa EU depois de preposições (aqui o PARA).

64. Andressa publicado em 15 de janeiro de 2012 às 19:46

Adorei esta explicação….. Obrigada!

65. ANA LU publicado em 27 de janeiro de 2012 às 14:46

ola , obrigado pela aula, muito objetiva.accho que eu nao vou mais errar tanto,eu nao vou mais errar tanto bjs

66. kirley bezerra publicado em 27 de janeiro de 2012 às 19:43

Adorei as dicas, confesso que estava bem aviciadinho

67. Silvia Zampar publicado em 27 de janeiro de 2012 às 23:13

Opa, que bom que gostou. Apareça sempre!

68. Silvia Zampar publicado em 27 de janeiro de 2012 às 23:13

Eu tenho certeza que não irá mesmo. Valeu!

69. hugo publicado em 01 de fevereiro de 2012 às 17:26

kkk obrigado amigo!!! ótima explicação.

70. Hiole publicado em 08 de fevereiro de 2012 às 22:41

Adorei a postagem, não tenho muita dificuldade em empregar essas palavras, mas quero ajudar minha tia que tem uns problemas com a lingua portuguesa. Me foi de grande ajuda. Muito Obrigada e Parabéns.

71. Silvia Zampar publicado em 08 de fevereiro de 2012 às 22:49

Opa, eu quem agradeço seu comentário tão gentil.

72. Silvia Zampar publicado em 27 de fevereiro de 2012 às 13:45

Não, está correto, pois nesse caso existe o verbo, ou seja, ocorre uma AÇÃO, onde, antes de qualquer VERBO (ação que está acontecendo) usa-se o EU.
Esse é todo o princípio da explicação dada acima.
Se a frase fosse: "Me dê (e não "dá") o microfone para MIM, vou cantar uma música" = ai seria o MIM (a frase poderia terminar tbm na vírgula).

73. Renato publicado em 08 de março de 2012 às 11:36

Muito bom !!! Obrigado !

74. rose publicado em 21 de março de 2012 às 22:18

Adorei dar uma espiadinha nessa gramatica mais uma vez.

75. Salmo Vanuccy publicado em 28 de março de 2012 às 12:36

Parabéns! Muito bom mesmo.

76. Elana publicado em 29 de março de 2012 às 0:13

Getúlio, segundo SACCONI, a frase "É sempre difícil para mim dizer não ao meu filho." está correta, pois é da língua culta, já que PARA MIM é complemento de DIFÍCIL. A ordem direta da frase é esta: DIZER NÃO AO MEU FILHO É SEMPRE DIFÍCIL PARA MIM. (NOSSA GRAMÁTICA COMPLETA. SACCONI) pg. 213)

77. Silvia Zampar publicado em 29 de março de 2012 às 11:46

Agradeço o complemento, que está correto.
A frase pode ser formulada das duas maneiras, já que, de fato, podemos ver que é também uma frase escrita em ordem diferente.

78. Liliane Reism publicado em 31 de março de 2012 às 14:34

Silvia, obrigada sua matéria foi de grande valia! Eu ainda tinha algumas dúvidas sobre isso, e você ajudou bastante! NÃO ERRAREI MAIS…."MIM NÃO CONJUGA VERBO"

79. Silvia Zampar publicado em 02 de abril de 2012 às 15:52

Obrigada eu!

80. Adriana de Fátima publicado em 04 de abril de 2012 às 12:16

se diz: minha irmã trouxe um livro para mim ler
ou se diz: para eu ler
ninguem irá a São Paulo se mim ou sem eu

81. Silvia Zampar publicado em 04 de abril de 2012 às 17:33

Adriana, todas as duas questões estão respondidas no texto, é só conferir.

82. Erica publicado em 11 de abril de 2012 às 11:00

VALEUUU!!!

83. Tania Lima publicado em 13 de abril de 2012 às 12:30

Maravilhosa explicação. Ajuda-nos muito no dia a dia, principalmente com o vício de linguagem.

Parabéns.

84. Silvia Zampar publicado em 13 de abril de 2012 às 13:15

Eu quem agradeço sua visita no blog.

85. alã publicado em 01 de maio de 2012 às 12:22

Bem explicado essa duvida me tirava do sério, agora não vou mais escrever errado valeu,

86. kleivia publicado em 03 de maio de 2012 às 21:26

Muito obrigada! Estava em duvida para responder uma atividade , mas voce me ajudou,PARABENS.

87. incancelabile100 publicado em 06 de maio de 2012 às 8:31

Eu acho que esta' certa, desde que coloque uma virgula depois do "mim"

88. Silvia Zampar publicado em 06 de maio de 2012 às 19:07

A vírgula não resolveria o erro e deixaria a frase mal escrita e incompreensível. O melhor é inverter a ordem mesmo.

89. Wellington publicado em 12 de maio de 2012 às 14:34

Ótima dica, muito bom.

90. Fernanda publicado em 19 de maio de 2012 às 11:41

me ligue quando ouvir uma musica que lembre a mim ou a eu, qual é o certo?

91. Silvia Zampar publicado em 19 de maio de 2012 às 13:08

lembre a MIM.
A frase ficaria melhor se fosse "Me ligue quando ouvir uma música que faça lembrar-se de MIM"

92. MARIA publicado em 22 de maio de 2012 às 9:49

na frase ''Para MIM, resolver estes problemas é coisa simples'', o verbo não esta no infinitivo ? não seria EU ?não estou entendendo

93. Silvia Zampar publicado em 22 de maio de 2012 às 16:20

Veja que no caso o MIM não está executando a ação, não é "MIM fazer", ou seja, tem um vírgula demonstrando que são duas coisas "Para mim" (só isso, MIM não está fazendo a ação) e "resolver estes problemas é coisa simples" = percebe que são duas frases distintas? Poderia ser grafado ao contrário, deixando o MIM no final, o que nunca gera dúvidas "Resolver estes problemas é coisa simples para mim".
Só usamos EU quando ele está junto com o verbo, promovendo a ação "deixe pra EU fazer".

94. Adriano publicado em 23 de maio de 2012 às 10:03

Muito bem!
E nesse caso: "O grupo é formado pela 'fulana' e por mim."
O uso do MIM está correto?

95. Silvia Zampar publicado em 23 de maio de 2012 às 10:16

Corretíssimo.
Esse é o caso da dica 3, onde vem depois de uma preposição (POR), então usa-se o MIM.

96. Adriano publicado em 23 de maio de 2012 às 11:09

Grato!

97. Luziajkmg publicado em 13 de junho de 2012 às 17:12

Me ajudou bastante .É fácil de entender esse jeito de ensinar.
Adorei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

98. Gabi publicado em 15 de junho de 2012 às 15:24

Olá professora,

Após ler essa matéria fui revolver alguns exercícios….
pedia pra assinalar a incorreta,
de cara marquei a alternativa "A) Seria mais econômico para mim vender o carro."
Porém, no gabarito consta outra alternativa, q concordo q tb está errado….
O exercicio tinha duas alternativas ou será q faltou uma vírgula depois de MIM??
obrigada!

99. Silvia Zampar publicado em 17 de junho de 2012 às 14:40

O seu exercício está incluso no item 3, no post acima, onde depois da preposição (PARA) deve vir o MIM.
Leia a frase de maneira invertida:
"Vender o caro seria mais econômico para mim" = vê, o MIM não é o executor do ato (VENDER).
E não creio que faltou a vírgula, apesar de que a forma de ler não é juntando o MIM com o verbo.

100. Adrielly publicado em 17 de junho de 2012 às 19:52

ÓTIMO, ADOREI E ESCLARECEU MUITO. obrigada

101. Felipe Garcia Rocha publicado em 25 de junho de 2012 às 9:18

Nossa que explicação ótima, continue assim!!!

102. Silvia Zampar publicado em 25 de junho de 2012 às 9:27

Obrigada!

103. rosi publicado em 30 de junho de 2012 às 16:10

Olha eu compreendi , para eu fazer é certo.
Para eu resolver este problemas é coisa simples. esta certo me ajude.

104. Silvia Zampar publicado em 02 de julho de 2012 às 15:50

Sua frase está corretíssima. Acho que agora você pegou o jeito – rs

105. dressa publicado em 18 de julho de 2012 às 13:54

Me dê o microfone para MIM, vou cantar. ???
O certo não seria , "me dê o microfone , vou cantar "ou "dê o microfone para mim , vou cantar" ?

106. Silvia Zampar publicado em 18 de julho de 2012 às 18:26

A primeira frase tem dois pronomes: ME e depois MIM = está errado – vi onde você pegou essa frase (realmente peguei de algum lugar, e está errada, já corrigi – obrigada).
Suas frases a seguir estão todas corretas.

107. André Azevedo publicado em 22 de julho de 2012 às 20:30

Olá Vinii. A grafia correta é demais, não "de mais" como você o fez.

108. André Azevedo publicado em 22 de julho de 2012 às 20:35

Poxa Gaby! Dê uma olhadinha no uso das preposições "mais" e "mas", porque você corrige os outros em um aspecto, MAS deixa a desejar em outros.

109. Silvia Zampar publicado em 23 de julho de 2012 às 14:14

André, eu prefiro pensar que ela quis fazer graça, não é possível! – eu já fiz até um post sobre essa confusão que o pessoal anda fazendo com MAIS e MAS <a href="http:// (http://tudibao.com.br/2010/02/mas-e-diferente-de-mais.html)” target=”_blank”> <a href="http://(http://tudibao.com.br/2010/02/mas-e-diferente-de-mais.html)” target=”_blank”>(http://tudibao.com.br/2010/02/mas-e-diferente-de-mais.html)

110. Silvia Zampar publicado em 23 de julho de 2012 às 14:15

E eu tbm tenho um post, explicando sobre essa "confusão" = http://tudibao.com.br/2012/06/de-mais-a-mais-conf

111. Cássia Valim publicado em 25 de julho de 2012 às 0:35

Gostaria de parabenizar a Silvia… Muito bem explicado, ja sabia dessas regras e entendi melhor ainda, mas as vezes ainda tenho duvidas quando usar o MIM e o EU antes da palavra NAO.. Por exemplo: Para mim nao errar.. ou para eu nao errar?

112. Silvia Zampar publicado em 25 de julho de 2012 às 9:56

Olha, eu fui até confirmar (pra não correr o risco de dizer algo errado – rs), o correto é:
"Pra EU não errar" = pois está se conjugando um verbo (EU ERRAR) – o NÃO só discorda do ato, mas está sendo executado algo.
(Vou incluir isso no post – valeu!)

113. Junior publicado em 02 de agosto de 2012 às 15:22

Ola…
Queria agradecer, pois isso me ajudou muito. Eu não entendo nada o que meu professor fala, aqui ta bem mmelhor que a explicação dele… kkkk
Muito obrigado

114. Silvia Zampar publicado em 03 de agosto de 2012 às 9:23

Opa, a intenção foi facilitar mesmo – rs

115. Naiara Santos publicado em 14 de agosto de 2012 às 0:41

Muito boa essas explicações.Foi muito bom, para eu esclarecer muitos fatos ocorridos.

116. Silvia Zampar publicado em 14 de agosto de 2012 às 14:28

Opa, missão cumprida então – rs

117. braz publicado em 19 de agosto de 2012 às 14:18

mim; o correto e mim ok.

118. Cássia publicado em 20 de agosto de 2012 às 8:11

Muito bom!!! Precisamos de dicas como essas, de fácil compreensão. Legal.

119. Silvia Zampar publicado em 20 de agosto de 2012 às 13:11

Não entendi o que você quis corrigir…

120. Tere publicado em 16 de setembro de 2012 às 17:48

Então cai por terra a teoria de que mim é preguiçoso, de que mim não pratica ação. Já que "É sempre difícil para mim dizer não ao meu filho."

121. Silvia Zampar publicado em 17 de setembro de 2012 às 9:04

Ok, só não vamos confundir as coisas – nem os leitores – rs

122. Tere publicado em 20 de setembro de 2012 às 10:35

Não entendi seu comentário Pro! Estou estudando o uso do "Mim e do Eu" e esta é minha duvida como o mim é preguiçoso se "O trabalho foi feito por mim" Agradeço se me explicar ok!

123. Silvia Zampar publicado em 20 de setembro de 2012 às 13:10

Nesse caso MIM não é o executor (não é quem está conjugando o verbo), termina-se a frase com ele e, no final, é MIM.
Se você fosse o executor da ação, quem está conjugando o verbo, se usaria o eu – veja a frase de outras formas:
- Esse trabalho é pra EU fazer;
- Fui EU quem fiz o trabalho;
- EU fiz o trabalho; etc.
MIM, no final, não está fazendo nada, só está sendo indicado de forma passiva.

124. Dudu publicado em 05 de outubro de 2012 às 9:35

E errado dizer quando eu me for.? E uma musica quando eu me for nao chores por favor,

125. Silvia Zampar publicado em 05 de outubro de 2012 às 17:59

Músicas, em alguns casos, contém o que chamamos de licença poética. Chico Buarque faz muito disso em suas músicas, e não podemos chamar de erro, é a liberdade que ele toma para rimar, usar neologismos.
Mas no caso de sua frase, está correta: EU é sujeito da ação IR.

126. Bruna publicado em 12 de outubro de 2012 às 15:39

Ótima explicação !!! Nunca mais erro. Parabéns, muito bom!

127. Silvia Zampar publicado em 12 de outubro de 2012 às 22:08

Opa, fico feliz em ajudar!

128. Inaê publicado em 17 de outubro de 2012 às 15:33

Ok, então na seguinte frase:
Por favor, marque uma reunião entre MIM e o Professor José.
O uso do MIM está correto? Já que ENTRE é uma preposição, e antes de preposição não se usa EU. Estou correta?

129. Silvia Zampar publicado em 18 de outubro de 2012 às 12:17

Veja no meio do post, em itens que inclui depois, veja o tópico 2 que respondo exatamente sobre isso.

130. Danusa publicado em 19 de outubro de 2012 às 7:17

sempre que for utilizar antes de um verbo, determinando uma ação (fazemos isso usando o verbo no infinitivo – a forma original do verbo, terminada em AR, ER, IR, OR e UR), usa-se o EU.

para eu entendER. rsrs

131. Mariane publicado em 20 de outubro de 2012 às 0:08

Parabéns Silvia!
aprendi com sua explicação, obrigada.

132. Romario publicado em 24 de outubro de 2012 às 22:18

Muito fácil a explicação! gostei!!!

133. Fabiana publicado em 12 de novembro de 2012 às 9:57

Exceletente

134. Nalva publicado em 19 de novembro de 2012 às 3:45

Das explicações que busquei, vcs foram as mais objetivas e assertivas. Parabéns

135. Silvia Zampar publicado em 20 de novembro de 2012 às 10:02

Opa, obrigadinha!

136. Mateus Fraga publicado em 03 de dezembro de 2012 às 21:23

Parabéns pela ótima explicação.

137. joilson publicado em 04 de dezembro de 2012 às 11:02

Olha so o cara todo tirado o sabidão e escreve "pra eu fazer"; para eu fazer.

138. Silvia Zampar publicado em 05 de dezembro de 2012 às 15:50

O PRA já está devidamente incorporado aos dicionários de português, vale você consultar antes de querer corrigir alguém.

139. Lulla publicado em 08 de dezembro de 2012 às 16:16

discussão

140. toberto publicado em 01 de fevereiro de 2013 às 12:01

Isto não tem nada a ver com INTELIGÊNCIA e SUCESSO na vida… lembre-se

141. Silvia Zampar publicado em 01 de fevereiro de 2013 às 19:52

E alguém falou disso no texto?

142. polly publicado em 20 de fevereiro de 2013 às 10:09

adorei!! meu chefe sempre me corrigia rsrsr entendi perfeitamente!!!!

143. Fabiana Freire publicado em 07 de março de 2013 às 17:48

Esta frase está correta?
É um prazer para MIM estar aqui!
Qual regra uso? Depois de preposição (para) MIM ou antes de verbo usa EU?
Obrigada!

144. Silvia Zampar publicado em 08 de março de 2013 às 16:11

Está correto. Na verdade é quase uma frase em partes, estaria certa de várias maneiras, veja:
- É um prazer estar aqui; ou
- Pra mim é um prazer estar aqui.
(e como disse no item 3 da explicação, quando é depois de PARA, o correto é usar MIM):
- É um prazer PARA mim estar aqui.
(o MIM não está conjugando o verbo "estar – aqui" – portanto ele não é o sujeito)

145. Laura publicado em 18 de março de 2013 às 18:57

sempre que posso tento lembrar a pessoa que o MIM dela não faz nada!
minhas irmãs são as piores! uma ate chegou a me dizer que num futuro próximo, o MIM dela vai poder fazer tudo rsrs… claro que tudo não passou de uma brincadeira! Mas acho sempre bom estar por dentro das regras gramaticais, já paguei vários micos por não saber escrever ou falar!!

146. Silvia Zampar publicado em 19 de março de 2013 às 9:28

Eu ouço universitários, pessoas já formadas, todos conjugando verbos utilizando o MIM – se eu fosse corrigir todos, já estaria vivendo numa bolha – rs

147. Ana Clara publicado em 21 de março de 2013 às 21:05

A expressão "A mim ensinaram .. " está correta ?
Na aula de hoje, discuti com a professora. Até aonde os meus conhecimentos me permitem "mim" não conjuga verbo em hipótese alguma já ela, disse que este "mim" esta correto pois não é ele que está praticando a ação. Isso me intrigou muito. Agradeço desde já !

148. Silvia Zampar publicado em 22 de março de 2013 às 8:20

Ela está correta. Veja que é como se a frase está escrita ao contrário, sendo a ordem "correta": "Ensinaram isso a mim" = quem ensinou foram outras pessoas, "mim" só recebeu o ensinamento, não praticou a ação.

149. Marcelo publicado em 02 de abril de 2013 às 10:24

Isto é básico, na boa! Se não souber estas regras, saberás o quê?

150. Silvia Zampar publicado em 04 de abril de 2013 às 10:40

Deveria sim ser básico, mas, infelizmente, não é o que acontece… Alunos meus (de faculdade) mandam mensagens onde vejo usarem incorretamente. "Maldita" formação de base desse país, onde se aceitam erros até em redação do Enem – que recebem nota "máxima".

151. karolayne publicado em 06 de abril de 2013 às 13:03

muito legal………..amei ajudou muito bjuuuusssss

152. Pedro publicado em 17 de abril de 2013 às 8:33

foi muito útil para minha prova.

153. Neuza Freitas publicado em 20 de abril de 2013 às 16:56

Ainda bem que existe a Net e prof. nos ensinando aqui… … nas escolas os professores parece saber menos que os alunos até eles falam errado, eu já escutei vários educadores falando errado, se bem que eram de outra disciplina…kkk

154. Silvia Zampar publicado em 21 de abril de 2013 às 7:53

Apesar que falar corretamente deve ser independente da disciplina ou conteúdo que qualquer professor ou pessoa domina, certo? Vamos aprender e usar da forma correta – rs

155. adelson publicado em 22 de abril de 2013 às 23:01

gostei muito consegui tirar minha duvida tbm e aprender realmente quando usar

156. Confuso publicado em 13 de junho de 2013 às 16:22

Quem deveria saber que no final da frase é SEMPRE mim, mim?

Estranho…

157. Silvia Zampar publicado em 14 de junho de 2013 às 13:21

Se essa sua frase foi para mostrar um exemplo onde MIM não caberia no final (fiquei em dúvida com o comentário), note que EU é o sujeito da ação = EU deveria SABER, ou seja, está conjugando o verbo (só está oculto):
"Quem deveria saber que no final da frase é sempre MIM, eu (deveria saber)?"

158. maria da silva publicado em 21 de junho de 2013 às 9:42

mtu interessante sobre eu e mim pq tenho uma professora que não sabe explicar ashushuashu

159. welintoncapelletti publicado em 24 de julho de 2013 às 19:50

pergunta…
"para mim não é…"
ou
"para eu não é…"

160. Silvia Zampar publicado em 26 de julho de 2013 às 15:55

A frase teria que vir mais completa para eu perceber se "eu" (ou "mim") é o sujeito da frase. Como foi apresentada dá a impressão que não é, portanto deve-se usar "mim".

161. Celso Lobo publicado em 30 de julho de 2013 às 1:03

Silvia Zampar, está de parabéns muito boa sua aula, de fácil entendimento, obrigado..

162. Silvia Zampar publicado em 30 de julho de 2013 às 7:20

Essa era a intenção. Obrigada!

163. Joao das Couves publicado em 14 de agosto de 2013 às 14:38

Muito obrigado por mim ajudar..

uhashuashuahushuasa

164. Bruno publicado em 17 de setembro de 2013 às 22:27

PERFEITO, OBRIGADO!

165. Diego R. publicado em 24 de setembro de 2013 às 9:34

Adorei, ótima explicação. Continue assim. Bjs

166. Thiago publicado em 16 de outubro de 2013 às 10:37

Que ótima explicação.

167. Adriana publicado em 30 de outubro de 2013 às 17:09

Ótimo artigo, tirou todas as minhas dúvidas sobre o assunto…obrigado.

168. maria luizq publicado em 30 de outubro de 2013 às 18:23

Muito muito boa explicação.Amei

169. Brunnynha Ollyver publicado em 30 de outubro de 2013 às 22:13

Gostei muito !!! Mim ajudou bastante…..

170. camila publicado em 12 de dezembro de 2013 às 10:31

Gostei muito disso aprendi muitas coisas.eu tinha dificuldade com o eu e o mim trocava muitas frases do eu para o mim

171. Silvia Zampar publicado em 19 de dezembro de 2013 às 18:18

Opa, espero que agora consiga acertar mais vezes.

172. Ana Paula publicado em 16 de fevereiro de 2014 às 8:51

O corrreto é: " Amigos questionam o fato de eu tirar fotos sérias." ou "Amigos questionam o fato de mim tirar fotos sérias."

173. Silvia Zampar publicado em 21 de fevereiro de 2014 às 8:11

EU TIRAR = como eu digo no blog, quem conjuga o verbo sou EU (não MIM).

174. Wellington publicado em 18 de março de 2014 às 10:35

Ótimas orientações.
Gostaria de receber orientações sobre o uso de:
"Pra, para e pára"
"por que, por quê, porque e porquê".

175. Silvia Zampar publicado em 20 de março de 2014 às 12:35

De "porquês" eu já tenho esse post: http://tudibao.com.br/2010/03/mas-por-que-existem
Agora os outros que pediu, a explicação é simples, nem dá pra montar um post, a saber:
- "Pra" = é a contração (ou abreviação) de para, é mais informal, usamos mais no texto oral, ou escritos informais;
- "Para" = deve ser utilizado nos textos escritos, principalmente textos comerciais, cartas, e-mails mais formais ou técnicos; e
- "Pára" = refere-se ao verbo parar, mas deixou de ter o acento, então agora também se escreve "Para" – exemplo= "Não para de fazer calor".
Espero que eu tenha ajudado.

176. Fabiana publicado em 24 de maio de 2014 às 21:55

Obrigada, deu para eu aprender tudinho.

177. Fátima publicado em 13 de julho de 2014 às 14:01

Sempre tive problema uado usar" MIM e EU " hoje sim,tirei todas as minhas duvidas!vou sempre consultar o blog para qualquer duvida que surgir. um abraço !

178. jessica publicado em 17 de julho de 2014 às 18:37

Ótimas dicas.

Parpite você também